Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após título mundial, norueguesas aproveitam noite paulistana

As comemorações pelo título mundial não terminaram no Ginásio do Ibirapuera. Após baterem a França por 32 a 24 e levarem o segundo título da competição da história do país, as norueguesas estenderam a festa para o restaurante Fidel, na Zona Oeste de São Paulo.

Produzidas e ainda com a medalha de ouro no peito, as campeãs mostraram que não são boas apenas em quadra, mas também na hora de dançar. A mais animada era a Camilla Herrem, que usou acessórios de festa e prometeu experimentar as bebidas brasileiras.

‘Agora é só festa. A gente reclamou que não pôde dormir muito durante o Mundial, mas nesta noite ninguém vai dormir mesmo. Agora vou experimentar todos os drinques brasileiros de uma só vez. Pode ser perigoso, mas com certeza será muito divertido. Vamos festejar até voltar para casa’, declarou Camilla ao jornal norueguês Dagbladet.

A festa é justificada. O mundial conquistado no domingo corou o ano perfeito da Noruega no handebol. Além de encerrar um jejum de 12 anos na competição, as atletas detêm os títulos Europeu e Olímpico.