Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após primeiros treinos, santistas reclamam da bola do Mundial

Prestes a embarcar para o Japão, onde irá disputar o Mundial de Clubes da Fifa, o Santos tem intensificado os treinos nos últimos dias antes da viagem para a disputa da competição. Tanto que o elenco do Peixe já vem treinando durante essa semana com a bola do Mundial. E, até agora, o objeto não tem agradado aos jogadores santistas, que não poupam reclamações sobre a bola.

‘Ela muda muito. Eu não gostei da bola, achei ela muito leve. A diferença é muito grande do que estamos acostumados a jogar aqui no Brasil. Vamos precisar treinar mais vezes com essa bola para nos adaptarmos o mais rápido possível com ela’, disse o capitão Edu Dracena.

Para Dracena, nem caso venha a marcar o gol do título mundial, sua opinião irá mudar em relação à bola. ‘É uma opinião minha, independentemente se eu vou ou não fazer o gol do título. Não gostei mesmo. Cada um tem a sua opinião e eu respeito, porém, é um obstáculo a mais. Estamos indo para lá preparados para tudo: a bola, fuso horário e adversários’, comentou.

Menos incisivo em suas críticas, o também zagueiro Bruno Rodrigo também não aprovou a bola do Mundial de Clubes. ‘Começamos a treinar com a bola ontem (quarta), mas já deu para ver que ela é diferente. Essa bola é mais leve. Eu acho ela mais fácil de bater, só que é um pouco mais difícil de dominar, porque ela pega mais velocidade. O tempo dela é um pouco diferente da outra, mas é questão de costume mesmo’, analisou.