Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após derrota, Palmeiras volta a reclamar da arbitragem

Por Da Redação 7 jun 2012, 05h02

A arbitragem neste Campeonato Brasileiro voltou a ser contestada pelo Palmeiras. Desta vez, o zagueiro Henrique se mostrou inconformado com o gol anulado do atacante argentino Hernán Barcos nos minutos finais da derrota por 2 a 1 para o Sport, na noite desta quarta-feira, na Ilha do Retiro.

‘Como o Barcos estava impedido? Ele estava atrás de mim. Mais uma vez, erraram contra o Palmeiras, mas nem vou falar nada’, criticou o jogador, na saída do gramado.

O lance polêmico aconteceu perto do fim, quando o Sport já tinha vantagem no placar. Marcos Assunção cobrou falta para a área e Barcos desviou de cabeça para as redes, mas o árbitro Leandro Vuaden assinalou impedimento no lance. Henrique também estava na jogada, ficou inconformado com a decisão e reclamou com os assistentes.

Os protestos contra a arbitragem vêm se repetindo no Palmeiras. Na rodada anterior do Brasileirão, o próprio Henrique alegou ter sofrido pênalti no último lance da derrota por 1 a 0 para o Grêmio, no estádio Olímpico.

Na ocasião, o gerente de futebol palmeirense, César Sampaio, reforçou as reclamações do elenco. O padrão no clube é protocolar suas queixas enviando vídeos à Confederação Brasileira de Futebol, mas a cúpula alviverde ainda não anunciou se fará o protesto em relação ao lance em Recife.

Continua após a publicidade
Publicidade