Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Após chegada tumultuada, Seleção mostra confiança na Liga Mundial

Por Da Redação - 1 jul 2012, 17h58

A Seleção Brasileira masculina de vôlei desembarcou neste domingo, em Sofia, na Bulgária, para as finais da Liga Mundial. Os atletas levaram um susto com um princípio de incêndio no ônibus, mas mostraram confiança para a competição.

Classificado como melhor segundo colocado, o Brasil está no grupo F, ao lado de Cuba e Polônia. ‘Tivemos uma primeira fase de altos e baixos, mas aproveitamos as duas últimas semanas para treinar bastante e aprimorar o que era preciso. Nosso time é experiente e de chegada e vamos entrar fortes nessa etapa decisiva’, declarou Rodrigão, que esteve presente em oito, das nove conquistas brasileiras na competição.

‘Vamos enfrentar Cuba e Polônia, dois adversários de força e tradição. Mas a gente gosta de desafios, o que só aumenta a nossa vontade de brigar por mais uma conquista’, acrescentou o oposto Leandro Vissotto.

Na chegada ao país, o ônibus que levava a delegação brasileira para o hotel teve um princípio de incêndio, mas a situação foi controlada e nada grave ocorreu. O incidente foi motivo de brincadeiras por parte dos jogadores.

Publicidade

‘Quando alguém começou a gritar dizendo que o ônibus estava pegando fogo, pensei que era brincadeira e só resolvi sair quando senti o cheiro de óleo queimado. Foi uma bela recepção que os búlgaros nos proporcionaram’, contou Rodrigão.

‘Depois que passou o susto, o pessoal começou a dizer que o incêndio foi um aviso pra gente entrar mais aceso nas finais da Liga Mundial’, brincou Vissotto.

Publicidade