Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após bater Federer, Nadal vira o maior vencedor de Roland Garros

Número 1 do mundo, espanhol volta superar seu arquirrival e conquista o Grand Slam francês pela sexta vez na carreira

Ele tem apenas 25 anos e já é o maior vencedor da história de Roland Garros. O espanhol Rafael Nadal conquistou o torneio pela sexta vez na carreira, neste domingo, ao derrotar seu arquirrival suíço Roger Federer por 3 sets a 1 (7/5, 7/6, 5/7 e 6/1). Com o resultado, o número um do mundo igualou o sueco Björn Borg, recordista de títulos do Grand Slam francês. Por coincidência, Borg também tinha 25 anos quando ergueu o troféu pela sexta vez.

Nadal e Federer já tinham duelado outras três vezes numa decisão de Roland Garros, mas o espanhol venceu todas (2006, 2007 e 2008). Dessa vez, Federer chegou à final com o moral elevado, após ter derrotado o sérvio Novak Djokovic – a mais recente sensação do circuito mundial. Na semifinal, o suíço deu fim a uma sequência de 43 vitórias consecutivas de Djokovic.

E Federer entrou bem na final desse domingo. No primeiro set, chegou a abrir uma vantgane de 5 a 2 sobre Nadal, com direito a um set point em seu favor. Mas o espanhol conseguiu reverter o quadro e venceu com parcial de 7/5 em 62 minutos.

O segundo set, bastante equilibrado, foi interrompido por causa da chuva quando Nadal vencia por 5 a 4 e sacava. O game estava empatado em 40 iguais. Cerca de 10 minutos depois, a partida foi retomada e o espanhol fechou o set por 7/6.

No terceiro set, os dois tenistas mantiveram o equilíbrio, protagonizando jogadas espetaculares. Federer acabou levando a melhor: 7/5.

Já o quarto set foi de Nadal. Com uma série de erros de Federer, o espanhol disparou e teve tranquilidade para fechar o set em 6/1.