Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Após 6º lugar em Mônaco, Massa mira pódios e vitórias a partir de agora

Por Da Redação 7 jun 2012, 14h17

Montreal (Canadá), 8 jun (EFE).- Com vaga ameaçada na Ferrari devido à ausência de bons resultados nos últimos três anos, o piloto brasileiro Felipe Massa afirmou nesta quinta-feira que vem se sentindo melhor depois do sexto lugar obtido no Grande Prêmio de Mônaco, há duas semanas, e que pretende brigar por vitórias a partir de agora.

‘Eu me sinto muito melhor no carro (desde o GP de Mônaco). O fato de que o carro tenha melhorado representa uma melhora também em minha forma de pilotar. Noto que estou mais forte corrida após corrida e o que quero é lutar para conseguir a maior quantidade de pontos possíveis’, disse Massa na entrevista coletiva oficial da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) prévia ao GP do Canadá, o sétimo do ano, neste fim de semana.

‘E efetivamente meu objetivo a partir de agora é lutar por pódios e vitórias’, completou o brasileiro, que tem 11 vitórias na principal categoria do automobilismo, a última no Brasil, em 2008.

Massa também desmentiu os rumores de que deixará a Fórmula 1 caso não tenha seu contrato renovado com a escuderia italiana, como foi divulgado nesta semana.

‘Nunca disse que se não seguisse na Ferrari cogitaria deixar a Fórmula 1. O que disse foi que se tiver que pilotar para uma equipe pequena, aí sim sairia. Quero lutar por vitórias. A temporada não começou como eu queria, mas o importante é continuar como agora’, explicou.

O piloto comemorou ainda a ausência de problemas no carro e de acidentes durante o fim de semana em Monte Carlo, o que, segundo ele, foi importante para a conquista da sexta posição.

‘Mônaco foi minha melhor corrida neste ano, após um início de temporada ruim. Lá, tive uma corrida limpa, na qual não aconteceu nada de errado. Foi um fim de semana positivo, mas também não acho que tenho que comemorar um sexto lugar’, comentou.

‘Estou contente, porque descobri coisas que podem servir de reação para outras pistas. Devemos continuar nesta direção’, acrescentou Massa, que fez ainda uma análise sobre o circuito Gilles Villeneuve.

‘É difícil dizer se este circuito é bom para a Ferrari. Tem curvas lentas, a chicane e retas longas. Precisamos de boa velocidade máxima e estamos trabalhando para melhorar isso’, finalizou. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade