Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Anzhi oficializa acerto com o técnico Guus Hiddink

O Anzhi Makhachkala oficializou na manhã desta sexta-feira a contratação do técnico Guus Hiddink. Com contrato válido por um ano e meio, o holandês, além de comandar o time russo, terá, também, o cargo de vice-presidente de desenvolvimento do clube.

‘No final do último ano nós tivemos longas discussões e isso fez com que eu tomasse a decisão imediatamente. Estou feliz por aceitar esta oportunidade, para trabalhar não só no time de futebol, mas também com meus amigos que me convidaram aqui’, disse Hiddink, em entrevista ao site oficial do clube.

Sem emprego desde fracassar na tentativa de levar a Turquia para a disputa da Eurocopa, o holandês de 65 anos deverá receber um salário de cerca de dez milhões de euros, um dos maiores na Europa, conforme informou a imprensa do país. No Anzhi, Hiddink não estará em um ambiente desconhecido, já que este comandou a seleção russa, entre 2006 e 2010.

Agora no clube de Samuel Eto’o e Roberto Carlos, o treinador trabalhará, além do comando da equipe, no desenvolvimento do esporte no país. ‘O mais importante, para mim, é que o clube está com planos para desenvolver o futebol no país. Isso é tão importante quanto os resultados do time, e eu vou dar uma atenção especial neste sentido. Falamos muito com Suleiman Kerimov [dono do clube] sobre esse ano, que eu sei o quão grande é o projeto que fui convidado a fazer parte’, completou.

Com a confirmação, o técnico Fabio Capello segue desempregado. Após não concordar com membros da Associação de Futebol da Inglaterra e deixar a seleção inglesa, o italiano teve seu nome ventilado como possível comandante do Anzhi. Quando questionado sobre o possível acerto, porém, o ex-treinador do English Team minimizara o interesse dos russos, dizendo que pensava apenas em descansar.