Clique e assine com até 92% de desconto

Antes de ‘estreia’, Milton Cruz comanda treino sob olhar de Juvenal

Por Da Redação 18 out 2011, 17h20

Na véspera do primeiro jogo de Milton Cruz como substituto interino de Adilson Batista, o coordenador técnico teve mais uma prova de que é um dos homens de confiança do presidente. Juvenal Juvêncio, ao lado do vice-presidente João Paulo de Jesus Lopes e do diretor de futebol Adalberto Baptista, assistiu à última atividade antes da partida desta quarta-feira contra o Libertad, no Morumbi.

Observado pelo dirigente que mais se preocupá-lo em não queimá-lo e, por isso, não o quer deixá-lo no comando só pelos próximos dois jogos, Milton Cruz reuniu o elenco no gramado principal do CCT da Barra Funda. Foram 20 minutos de conversa com o grupo.

Na sequência, realizou-se uma atividade técnica, com foco nas finalizações. A boa notícia é em relação a João Filipe, que se mostrou completamente recuperado de entorse no tornozelo direito que sentiu na última quarta-feira – não enfrentou o Atlético-GO também por estar suspenso.

Ao lado do zagueiro, que treinou normalmente, também trabalharam o atacante Fernandinho, desfalque há 12 partidas por conta de edema na perna direita, e o meia Cãnete, que atuou somente uma vez pelo clube e estava com contusão muscular.

Depois do treinamento, Juvenal Juvêncio e seus pares foram em direção a Dagoberto e trocaram longa conversa. A partir desta quarta-feira, o atacante está livre para assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe e pode deixar o Tricolor sem o clube de Juvenal Juvêncio receber nada.

‘Ele está indo muito bem mesmo. Mas agora, com a lei nova, quando chega o fim do contrato a situação depende muito mais do jogador. O Dagoberto tem dúvidas, parece não fazer força para ir para o exterior. Aqui ele tem os filhos, os pais, gosta do São Paulo, não quer ir para outro lugar. Podemos dizer que está 50 a 50’, disse ao jornal O Estado de S. Paulo Juvenal Juvêncio sobre a possibilidade de renovação – o presidente já criticou e foi criticado publicamente pelo empresário do jogador, Marcos Malaquias.

Diretoria à parte, Milton Cruz deve realizar somente duas mudanças na escalação que perdeu do Atlético-GO no domingo, jogo que causou a demissão de Adilson Batista. Suspensos para a partida em Goiânia, João Filipe e Juan devem entrar nas vagas de Xandão e Carlinhos Paraíba.

A provável escalação do São Paulo no confronto de ida das oitavas de final da Copa Sul-americana, contra o Libertad, no Morumbi, será: Rogério Ceni; Piris, João Filipe, Rhodolfo e Juan; Denilson, Wellington, Cícero e Lucas; Dagoberto e Luis Fabiano.

Continua após a publicidade
Publicidade