Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

André Lima faz três gols, leva cartão, questiona Roth, mas sorri no final

Por Da Redação 4 set 2011, 18h38

A tarde do atacante André Lima foi completa. Com gols aos 33 do primeiro tempo, e aos 15 e 21 da segunda etapa, ele fez a diferença a favor do Grêmio na goleada por 4 a 0 sobre o Atlético-PR e se tornou artilheiro da equipe no Campeonato Brasileiro, com cinco gols.

No entanto, em uma falta por trás aos 26 minutos do segundo tempo, quando empurrou Fransérgio, o centroavante recebeu cartão amarelo, o terceiro, que o tira do confronto diante do Bahia na próxima quinta-feira, às 20h30, em Pituaçu.

A punição fez com que o técnico Celso Roth sacasse André Lima do time para colocar Brandão. O camisa 99 abriu os braços, foi até o treinador Tricolor e questionou ostensivamente o motivo da substituição.

Depois do apito final, com a cabeça fria, André Lima explicou: ‘Isso é fome de gol. Naquela hora, no calor do jogo, eu não entendi muito bem, mas é natural sair com o terceiro cartão. O Celso queria colocar o Brandão pra jogar, já que ele estará em campo contra o Bahia. Isso é natural. O que importa é que eu estou satisfeito com a minha atuação’.

Após grave lesão no joelho, o atacante gremista enfrentou críticas por parte da torcida em relação ao seu rendimento. Aliviado, ele prefere não lembrar o mau momento.

‘Isso aí já passou, estou feliz da vida, sorrindo, você não está vendo (risos)? Graças a Deus fizemos um grande jogo, fizemos quatro gols e poderíamos ter feito mais’, afirmou Lima, que saiu de campo ovacionado pelos torcedores.

Continua após a publicidade
Publicidade