Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Alonso destaca evolução de F2012 em Jerez e prevê melhora em Barcelona

Apesar do desempenho abaixo do esperado nos testes em Jerez de la Frontera, na Espanha, Fernando Alonso destacou a evolução da Ferrari, depois de terminar o último dia de testes na liderança. Segundo ele, a expectativa é de melhora para Barcelona, onde acontecem a segunda bateria de treinos da temporada 2012 da Fórmula 1.

O espanhol ressaltou a importância dos quatro dias de testes e se mostrou confiante na evolução ainda maior do F2012. ‘Eu e o Felipe mudamos o carro em quatro dias de branco para preto’, analisou Alonso para o jornal italiano La Stampa. ‘Vamos chegar para o teste de Barcelona, em 21 de fevereiro, com ideias muito mais claras’, projetou.

Alonso afirmou que não alimentou expectativas quanto ao novo modelo da escuderia, mas estava ansioso para voltar às pistas. ‘Eu não estava esperando nada em especial, mas é ótimo voltar para a pista. Os primeiros quilômetros, antes de mergulhar no trabalho de desenvolvimento, são emocionantes’, declarou.

Os primeiros testes em Jerez tiveram como principal objetivo fazer os pilotos conhecerem os carros e detectarem os possíveis problemas. Fernando Alonso citou a direção hidráulica como um dos componentes que precisam ser melhorados no carro vermelho.

‘Não podemos ajustá-la. Muito leve, muito pesado, não consegui encontrar a forma ideal. Eventualmente, após uma série de mudanças, vou recuperar as mesmas sensações de antes’, revelou. O espanhol ainda negou que o volante tenha sido alterado com o novo sistema de suspensão da equipe de Maranello. ‘Não, as novas suspensões não nos incomodam. Eu e Felipe somos pequenininhos’, afirmou.

Embora ainda haja algumas modificações a serem feitas pelos engenheiros, Alonso mostrou confiança no carro. ‘Os pneus se aquecem rapidamente. Finalmente seremos capazes de darmos o nosso máximo na classificação. Por outro lado, precisamos trabalhar duro na aerodinâmica e na confiabilidade. É um ótimo carro, mas não é fácil desenvolvê-lo.’

O bicampeão também reconheceu os curtos prazos para aprimorar o F2012, antes do início da temporada, dia 18 de março, em Melbourne, na Austrália, e se comprometeu a ajudar o time nas pistas.

‘Devemos maximizar o tempo a disposição. Se eu completei 40 voltas, na próxima vez eu vou rodar pelo menos 100. Começaremos a partir de um nível de preparação muito alto. Como Pat Fry explicou, chegamos a Jerez como uma ideia do carro, que talvez não se corresponda à realidade’, encerrou.