Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Agência Antidoping formaliza acusações contra Lance Armstrong

A Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA) vai formalizar sua acusação de doping contra o ciclista Lance Armstrong, sete vezes campeão da Volta da França. Caso o uso de substâncias destinadas à melhoria de desempenho seja provado, o norte-americano pode ser banido do esporte de forma definitiva e ainda perder os títulos mundiais.

O recurso da Agência Antidoping também proíbe de forma imediata a participação de Lance em provas de triatlo, das quais ele vinha participando desde a sua aposentadoria do ciclismo.

Segundo o jornal Washington Post informou nesta quarta-feira, a entidade já enviou carta a Lance Armstrong, além de Johan Bruyneel, administrador dos times de Armstrong, Pedro Celeya e Luis Garcia del Moral, médicos da equipe, Pepe Marti, técnico, e Michele Ferrari, médica de consultoria.

Uma cópia da carta enviada pela USADA foi obtida pela agência de notícias Associated Press e acusa Armstrong de utilizar e promover o uso de eritropoetina, substância que aumenta a oxigenação do sangue, transfusões de sangue, testosterona, hormônio do crescimento e esteróides anti-inflamatórios. O documento não dá exemplos, mas diz que as acusações são baseadas em evidências colhidas em investigações, incluindo relatos de testemunhas anônimas.

Em comunicado divulgado nesta quarta, Lance Armstrong disse que as acusações de doping ‘não têm fundamento’ e são ‘motivadas por despeito’, observando ainda que ela vem meses após o Ministério Público Federal ter encerrado uma investigação criminal contra o atleta.