Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Adriano treina e diretoria nega bate-boca com Tite

Por Da Redação - 10 mar 2012, 19h04

Por Vítor Marques

São Paulo – Depois de ser vetado na última sexta-feira do jogo contra o Guarani, no Pacaembu, pelo Paulistão, Adriano seguiu a sua rotina de jogador do Corinthians neste sábado. O atacante treinou ao lado dos titulares que não foram relacionados para encarar o time campineiro neste sábado, depois de virar o centro de mais uma polêmica com a camisa corintiana.

Adriano foi barrado por Tite do confronto e o técnico alegou falta de dedicação do jogador nos treinamentos da semana. Inicialmente, estava previsto que ele voltaria a defender o time neste sábado, após ser descartado do confronto diante do Nacional-PAR, no meio de semana, pela Copa Libertadores. Irritado com a situação do jogador, o técnico corintiano também descartou a presença dele na partida da próxima quarta, diante do Cruz Azul, no México, pela competição continental.

Barrado do jogo deste sábado, Adriano tem presença espera no CT Joaquim Grava neste domingo, quando os titulares corintianos farão o último treino antes de viajar para o México. Com isso, a tendência é a de que o atacante ganhe uma folga na segunda-feira.

Publicidade

Antes do confronto com o Guarani neste sábado, o diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade, negou, no Pacaembu, que Adriano tenha sido vetado deste confronto do Paulistão por indisciplina. Ele teria se recusado a participar de uma pesagem antes do treino da última sexta-feira, fato que teria motivado uma discussão de Tite com o atacante, mas a versão oficial do clube é que ele foi barrado apenas por motivos técnicos.

“Eu não tenho conhecimento disso. Se tivesse havido uma falta de respeito, o Tite teria nos comunicado”, afirmou Andrade, que depois completou: “O fato de o Adriano não ter se pesado é irrelevante para mim. Isso não foi o fato relevante (que motivou o veto do jogador para a partida deste sábado). O fato é que ele não treinou bem durante a semana e esteve abaixo do rendimento que se espera do Adriano”.

Publicidade