Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Abatido, Prass volta a São Paulo: Agora é pensar em me recuperar

Jogador de 38 anos foi cortado da seleção brasileira após sofrer uma fratura no cotovelo direito

Um dia depois de ver ruir o sonho de disputar a Olimpíada pela seleção brasileira, o goleiro Fernando Prass desembarcou bastante abatido na manhã deste domingo no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo. O jogador de 38 anos foi cortado da delegação por causa de uma lesão no cotovelo direito e, agora, só pensa em se recuperar para voltar a vestir a camisa do Palmeiras.

“Agora tenho que pensar em me recuperar e pensar no Palmeiras. Volto para casa agora, graças a Deus, tenho esse clube que me acolheu muito bem, meus companheiros, a torcida. E a recuperação a gente não sabe ainda, mas provavelmente vai ser um pouco longa. A única coisa agora é pensar em recuperar bem. Sem pensar em prazo, apenas recuperar bem”, disse durante o desembarque.

Prass foi oficialmente cortado da seleção na madrugada de sábado para domingo, após sofrer uma nova fratura no cotovelo direito, o mesmo que operou em 2014, quando ficou cinco meses afastado dos gramados. A decisão de vetá-lo já havia sido tomada durante a tarde, mas somente foi confirmada após a realização de exames médicos mais detalhados. O goleiro sofreu a fratura durante o aquecimento no estádio Serra Dourada para o jogo amistoso em que a seleção olímpica venceu o Japão por 2 a 0 — já era certo que ele não atuaria para ser poupado. Ele havia machucado o cotovelo direito na segunda-feira, na Granja Comary, em Teresópolis, no interior fluminense. Seu quadro foi evoluindo durante a semana, a ponto de o técnico Rogério Micale ter dito que ele só não jogaria contra o Japão para não correr riscos. Mas a nova contusão mudou totalmente o quadro.

O goleiro já havia se manifestado nesta madrugada por meio de seu perfil no Facebook: “Me empenhei muito para realizar o sonho de ser jogador da Seleção Brasileira. Mas infelizmente, não será dessa vez. O exame realizado hoje apontou uma fratura no cotovelo e não poderei disputar a Olimpíada. Vou me cuidar e voltar ainda mais forte para defender o Palmeiras e quem sabe a Seleção novamente. Agradeço a torcida e o carinho de todos! “, postou Prass.

(Com Estadão Conteúdo e Gazeta Press)