Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A pedido de Juvenal, dupla da Copinha já é testada em coletivo

A conversa em que Juvenal Juvêncio, acompanhado por toda a diretoria de futebol do São Paulo, comunicou o afastamento de Paulo Miranda, na quarta-feira, começou com um pedido especial a Emerson Leão. O presidente solicitou a avaliação de alguns atletas vindos da base, entre eles o lateral direito Lucas Farias e o volante João Felipe. E o técnico já colocou a ordem em prática.

Nessa sexta-feira, ambos atuaram durante todo o coletivo, no time reserva, e também devem ser utilizados nas atividades com portões fechados na manhã deste sábado. É a chance para ambos deixarem para trás a má impressão da participação na última Copa São Paulo de Futebol Júnior, quando o Tricolor paulista foi eliminado na primeira fase e teve poucos atletas imediatamente aproveitados na equipe profissional.

‘Vamos vê-los no dia a dia’, limitou-se a dizer Leão, que já repassou parte de sua opinião ao mandatário do clube. ‘O Seu Juvenal me pediu a análise de alguns jogadores jovens, formados na base. Dei meu parecer, o que é a minha obrigação. Podem concordar ou não’, comentou.

A medida faz parte de um dos projetos que Juvenal mais deseja colocar em prática: ter oito titulares formados no centro de treinamento que construiu em Cotia para as categorias de base. Na entrevista de terça-feira, Leão avisou que seria necessário aumentar o elenco para a disputa do Brasileiro e já na quinta-feira recebeu os dois atletas.E outros formados em Cotia devem ser mais utilizados. O meia Dener voltou de empréstimo do Paulista de Jundiaí e está reintegrado, assim como o lateral direito Danilo, que passou o início da temporada em recuperação de contusão. E o zagueiro Luiz Eduardo voltou de amistoso com a Seleção Brasileira sub-20 para, ao menos, brigar por vaga no banco de reservas com João Filipe.

Quem será menos utilizado no clube são o lateral esquerdo Henrique Miranda e o atacante Ademilson, já que ambos foram convocados pelo técnico Ney Franco e atuarão pelo Brasil sub-20 no Torneio Internacional 8 Nações, na África do Sul, entre 24 de maio e 3 de junho. Os olhos de Leão, contudo, estão mais voltados para as duas novidades do elenco.

Um dos grandes desafios está com Lucas Farias. Sempre apontado como promessa para a lateral direita, o jogador de 17 anos não agradou Leão na Copinha. Durante a pré-temporada, já sem Jean, negociado com o Fluminense, o técnico avisava que nenhum dos atletas que viu nas categorias de base poderia disputar posição com Piris e cobrou reforços – veio Douglas, ex-Goiás.

Já João Felipe tenta recomeçar, já que o volante chegou até a ser relacionado por Adilson Batista durante período de treinos com o profissional em 2011. Convocado recentemente para a Seleção sub-20, o meio-campista é uma alternativa na marcação, função que, no momento, só tem Casemiro, Rodrigo Caio e Denilson – o último, contudo, já anunciou que voltará ao Arsenal em julho.