Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Vou revolucionar o cinema’, diz Fontenelle sobre filme de Gretchen

Diretora do longa conta que trabalha com equipe reduzida e responde críticos da primeira promo: 'Os que falam mal, serão os primeiros a comprar ingressos'

“Dizem que onde está o coração, ali está o seu tesouro. E quando parte deste tesouro lhe é arrancado? E quantas vezes o mel virou fel?”. A declaração, por assim dizer, profunda, acompanha cenas aleatórias de pessoas em trilhas na floresta e em momentos intimistas. Poderia ser um comercial de protetor solar, ou um vídeo motivacional que precede uma palestra corporativa, ou até um remake do filme Crepúsculo. Mas não. O vídeo que viralizou nas redes sociais é a primeira prévia da futura cinebiografia de Gretchen divulgada na terça-feira, 15, pela diretora Antonia Fontenelle. Já favorita da internet — chamada até de “meme queen” pelo jornal The New York Times — a cantora e dançarina ganhou novos memes após a divulgação do clip e entrou para os assuntos mais comentados do Twitter.

“Isso não é um teaser, é um promo”, explicou Antonia em entrevista a VEJA, em resposta aos críticos. “Vou trazer uma fórmula revolucionária de fazer cinema com pouco dinheiro nesse país: e bem feito. O plano é trabalhar com pílulas na internet até o lançamento do teaser do filme. À medida que eu for divulgando [novos vídeos], vou aumentando a pancadaria. Eu tenho material aqui que é um verdadeiro soco no estômago”, revela Antonia.

View this post on Instagram

Nem tudo é o que parece ser.

A post shared by ladyfontenelle (@ladyfontenelle) on

Ela e Gretchen firmaram uma parceria no meio do ano passado. A própria cantora chamou Antonia para dirigir o longa.

Usuários do Twitter afirmam sem dó nem piedade que o vídeo foi feito por um “amador”. Antonia garante que não. Na realidade, o promo foi feito a quatro mãos, por ela e pelo diretor de fotografia do filme, Hugo Pessoa. “Estamos trabalhando com uma equipe muito reduzida. Uma pessoa exerce até quatro funções aqui”, revela a diretora que está com dificuldades para captar financiamento.

Segundo ela, mais da metade do dinheiro gasto veio do próprio bolso. Ela está negociando com patrocinadores privados para aumentar a margem de lucro, mas não revela quem ou quantos são, muito menos quanto foi gasto até o momento.

Para o elenco foram escalados Mel Lisboa no papel de Gretchen, Henri Castelli, como o delegado Silva Neto, ex-marido da cantora e pai de Thammy Miranda; Nívea Maria, interpretando a mãe da artista; e Tonico Pereira como o pastor que tentou exorcizar a homossexualidade de Thammy.

O longa ainda está em fase de gravação e Antonia se diz animada com o processo. Indagada sobre a repercussão negativa do vídeo em que chama a rainha do bumbum de “Fênix”, ou seja, que renasceu das cinzas, Fontenelle diz que a reação das pessoas, seja positiva ou negativa, era exatamente o que ela queria que acontecesse. “Os que falam mal, serão os primeiros a comprar os ingressos”.

O filme tem previsão de estreia para o primeiro semestre de 2020.