Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Troglodita Chris Brown, quem diria, sai em defesa dos gays

‘O amor não é um crime’, escreve o rapper em seu Twitter, depois de chamar o cantor Frank Ocean de "bichinha" durante uma estúpida discussão

Chris Brown parece mesmo disposto a manipular a opinião pública. Depois de falar em desistir da carreira por não aguentar a imagem de cara do mal que lhe imputam — e que ele construiu com habilidade e alguns sopapos na ex, Rihanna –, o rapper usou o Twitter para promover, veja só que lindo, o amor entre os homens. Brown, o mesmo que chamou o cantor Frank Ocean de “bichinha” durante uma estúpida discussão por causa de uma vaga de estacionamento, saiu agora em apoio a um abaixo-assinado pelo fim da violência contra os gays em Camarões.

Chris Brown cumprirá 1.000 horas de trabalho comunitário

‘Chris Brown foi o amor da minha vida’, diz Rihanna

“O amor não é um crime. Gay ou hétero. Ame quem você deseja amar. Diga não ao ódio e assine aqui”, escreve ele, antes de postar o link para o abaixo-assinado.

E, é claro, porque Brown tem um histórico bastante complicado. Na véspera do Grammy de 2009, ele agrediu a namorada, Rihanna. O episódio interrompeu por um longo tempo o relacionamento dos dois, que foi retomado no fim do ano passado.