Clique e assine a partir de 9,90/mês

Sem a sombra de Charlie Sheen, Jon Cryer triunfa no Emmy

O intérprete de Alan Harper em 'Two and a Half Men' levou a estatueta de melhor ator em série de comédia e bateu o favorito Jim Parsons de 'Big Bang Theory'

Por Da Redação - 23 set 2012, 22h38

Sem Charlie Sheen por perto, Jon Cryer, o Alan Harper de Two and a Half Men, finalmente apareceu e cresceu. O ator levou o Emmy de melhor ator de série de comédia, após sete indicações pelo mesmo personagem. Em 2009, Cryer levou a estatueta de melhor ator coadjuvante, já que Sheen ainda protagonizava a série, antes de ter sido demitido por brigar com o produtor executivo.

CONFIRA troféu a troféu o Emmy 2012 pelos comentários de VEJA

O resultado causou protesto nas redes sociais, porque Cryer competiu com Jim Parsons, o carismático Sheldon de The Big Bang Theory, apontado como favorito na categoria. Além do prêmio, Parsons perdeu a chance de igualar o recorde de Michael J. Fox, o único ator a levar o prêmio de melhor ator de comédia por três anos consecutivos, como Alex P. Keaton de Family Ties (Caras e Caretas, 1982-1989).

Publicidade