Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

SBT mantém foco em ‘novela família’, com Larissa Manoela à frente

Versão da mexicana 'Cúmplices de um Resgate', que estreia dia 3 de agosto para substuituir 'Chiquititas', traz a atriz de 14 anos no papel de duas gêmeas separadas no nascimento

Chiquititas sai do ar, dia 7 de agosto, com uma marca e tanto. Idealizada com cerca de trezentos capítulos, a trama foi esticada e exibirá o seu desfecho no episódio de número 545. O estica-e-puxa, é claro, foi motivado pela audiência satisfatória, por volta dos 12 pontos, em média, na Grande São Paulo. Audiência que não foi sequer abalada pela grande surpresa da temporada, a trama bíblica Os Dez Mandamentos, da Record — que, aliás, chegou a ser derrotada pelo folhetim do SBT no Ibope –, segundo seu diretor-geral, o veterano Reynaldo Boury. É para manter esse público cativo que a emissora põe no ar, a partir de 3 de agosto, a versão nacional de Cúmplices de um Resgate, novela da mexicana Televisa adaptada pela mulher de Silvio Santos, Íris Abravanel. Que quer dois dígitos no Ibope. E que aposta na atriz Larissa Manoela, a Maria Joaquina da versão local de Carrossel.

LEIA TAMBÉM:

Orgulho da Record, novela bíblica perde para… ‘Chiquititas’

‘Dez Mandamentos’ faz audiência da Record crescer 65% em SP

SBT exibe filme que conta final da novela da Record

Sim, o beijo gay é problema para ‘Babilônia’. Mas só um deles

Íris e Boury conversaram com a imprensa no final da manhã desta quarta-feira, na sede do SBT, em Osasco, depois da exibição de um clipe da novela. O vídeo começa com um conto de fadas, em que uma camponesa, Rebeca (Juliana Baroni), sustenta uma enorme (e tosca) barriga de grávida. No parto, descobre-se que na realidade ela esperava gêmeas, mas uma das meninas é tirada da mãe sem que ela saiba de toda a verdade, e entregue para a rainha má Regina (MaMaria Pinna), que a cria com luxo e riqueza. A história está em um livro que uma menina, Dóris (Duda Wendling), lê em uma biblioteca. Quando o volume se fecha, a história salta para os dias atuais, e Isabela, a gêmea roubada, é a filha mimada da ricaça Regina, uma garota que sonha em ser uma estrela da música, mas canta mal e é ajudada por Manuela, que ela vem a descobrir ser a sua irmã gêmea, e que sabe cantar de fato.

Na coletiva, não faltaram elogios a Larissa Manoela, intérprete das duas gêmeas na trama. “O que me surpreendeu muito, mas muito mesmo, foi a Larissa Manoela. Essa menina é um fenômeno. Faz as gêmeas bem diferentes, na postura, na voz, em tudo”, disse Boury, que afirmou ter alvará que assegure o trabalho do elenco infantil e que não deve enfrentar os problemas judiciais encarados pelo matinal Bom Dia e Cia.

Também não faltaram declarações que reafirmassem a intenção do SBT de se posicionar como produtor de novelas para a família. “Eu farei uma novela adulta se a direção da emissora entender que devemos investir nesse segmento”, disse Íris. “Continuamos trabalhando para a família. Cúmplices de um Resgate trata de um problema comum na sociedade, a perda ou troca de bebês na maternidade, mas queremos falar disso focando na superação, e de maneira alegre. O nosso cotidiano já é tão duro, a gente precisa focar o lado positivo da vida”, continuou a autora, em um momento autoajuda da coletiva. Além de audiência, Chiquititas rendeu a Silvio Santos nada menos que 350 licenciamentos de produtos.

A aposta em repetir com Cúmplices de um Resgate o sucesso alcançado pelas versões de Carrossel e Chiquititas assinadas por Íris Abravanel é reforçada por um elenco animal — um cachorro, um gato, um rato e um peixe — e pela produção de vídeoclipes que devem chegar à internet junto com os capítulos da trama.