Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sandy e Junior fazem apelo pela Amazônia no primeiro show em SP

Gritos contra Bolsonaro, uma megaprodução e hits atemporais marcaram a apresentação da dupla

Os irmãos Sandy e Junior levaram mais de 55 mil pessoas ao Allianz Parque neste sábado, 24 para o primeiro show da turnê “Nossa História” em São Paulo. Levando em consideração que os ingressos para os três outros shows na capital paulista estão esgotados, a dupla deverá levar ainda cerca de 165 mil pessoas para o estádio até outubro. 

Conhecidos pela carreira impecável, andar sempre na linha e serem certinhos – o que não está errado – os fãs não esperavam representações políticas por parte dos irmãos, mas, como diz a turnê, eles cresceram. 

Junior Lima cantava “Libertar”, música lançada em 2010 que fala sobre liberdade. “Ser livre pra voar. Ser livre pra sentir”, diz uma parte da canção, quando no final ergueu a mão para cima e bravou: “Deixem a nossa Amazônia em paz!”. O público gostou da intervenção e entoou gritos contra o presidente Bolsonaro. 

Um grupo de mulheres a favor do presidente não ficou satisfeito com as palavras do músico e debochou: “porque votar no Bolsonaro é elitizado e eu sou desconstruídão”, disse uma das mulheres imitando a voz de Júnior. 

A apresentação foi marcada por choro por parte do público e um sentimento nostálgico por parte dos cantores. Durante duas horas de apresentação, Sandy e Junior passaram por todos os seus 17 anos de carreira cantando praticamente todos os seus sucessos – com exceção de Maria Chiquinha, que foi excluída do repertório por não ser politicamente correta para os dias de hoje. 

“O que foi mais difícil de se fazer para esta turnê foi o repertório, achar as músicas certas para cantar”, revelou Sandy. 

A dificuldade valeu a pena. O show começou com “Não Dá Pra Não Pensar” e “Nada Vai Me Sufocar”. Era nítido a emoção dos irmãos ao ver o estádio cheio. Pararam as músicas diversas vezes para falar com o público e dizer o quão inacreditável parecia aquilo. “Eu sempre venho em shows no Allianz, mas eu nunca imaginei estar em cima do palco, cantando com o meu irmão e a casa cheia desse jeito”, disse Sandy emocionada. 

Vídeos da dupla ainda pequenos passavam nos três telões gigantes ao lado do palco. Em “Eu Acho que Pirei”, Sandy e Junior reproduziram uma conversa de Whatsapp cujo os participantes eram o elenco do seriado Sandy & Junior, exibido entre 1999 e 2002. O público aprovou a interação mesmo sem a aparição dos atores. Estes estavam curtindo o show na pista premium.

Os irmãos também mostraram, além da voz, suas habilidades nos instrumentos e na dança. Sandy, apesar de ter feito ballet, demonstrou uma certa dureza nos passos coreografados, enquanto seu irmão tinha total controle dos pés, mas sua voz não tinha comparações com o vocal da irmã. Junior ainda tocou um solo de bateria e fez performances com uma guitarra. 

Com luzes, efeitos especiais, balões coloridos e muitos “Turu Turu” batendo acelerados, os fãs saíram do show com uma sensação de Dèjavu, como quem já viveu aquilo no passado, mas com um gostinho de quero mais. 

A dupla ainda fará shows em São Paulo no domingo, 25, depois volta nos dias 12 e 13 de outubro. Além de passar por Curitiba (31/08), Manaus (13/09), Belém (14/09), Porto Alegre (21/09), Rio de Janeiro (09/11). E os shows no exterior: Nova York (02/10) e Lisboa (06/10).