Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rock in Rio anuncia CeeLo Green, Ney e Nação no palco B

Músicos serão atração do Palco Sunset nos dias 22 e 23 de setembro

O empresário Roberto Medina reclama que está ficando difícil de fazer festival apostando em superstars. Isso porque os nomes que podem encher locais com capacidade para mais de 50 000 pessoas estão cada vez mais raros no mundo. Segundo as suas estimativas, eles não são mais do que 20 em todo o planeta. Talvez esteja aí a razão que faz com que alguns nomes sempre retornem à Cidade do Rock. Este ano, porém, o evento tem conseguido emplacar nomes fortes e inéditos. Depois de anunciar Lady Gaga, que fará seu show no dia 15 de setembro, o primeiro dia do evento, o festival divulga outro nome menor, mas que tem o seu peso: também CeeLo Green, que vai se apresentar no dia 23 de setembro, fechando o Sunset. Também foram anunciados Nação Zumbi e Ney Matogrosso, que vão dividir o palco secundário, fechando o dia 22 de setembro.

O show entre Ney Matogrosso e Nação Zumbi ainda está sendo desenhado. Além de músicas do Secos, haverá a parte defendida pela Nação, com temas conhecidos do grupo. “Falaram também de Luiz Gonzaga e de Jackson do Pandeiro”, lembra Ney. O problema é apenas o tempo. “Dá vontade de fazer durar mais”, diz Zé Ricardo, sobre a limitação de ter as duas atrações no palco por apenas uma hora.

O festival será realizado entre 15 e 17 de setembro e, no fim de semana seguinte, de 21 a 24 de setembro. Os outros nomes, alguns que estiveram no Brasil recentemente, são Aerosmith, Maroon 5, Red Hot Chili Peppers, Bon Jovi, Billy Idol, Ivete Sangalo, Fergie e 5 Seconds of Summer. O ineditismo no elenco deixou de ser uma busca de Medina desde que ele mudou o foco de sua festa, apostando na Cidade do Rock como um parque de diversões para a família, e não apenas em um festival de música.

A Cidade do Rock também mudou de local. Depois de três edições sediada em Jacarepaguá, o espaço se muda para perto dali, no Parque Olímpico. A produção informa que a nova estrutura tem quase o dobro do tamanho. “Depois dos shows no Sunset, você vai poder andar até o Palco Mundo sem trânsito, passear por uma Rock Street ainda mais boêmia (com lago artificial e tudo) e curtir tudo o que o Rock in Rio pode oferecer”, anuncia um comunicado no site do festival. Outras promessas falam também de uma infraestrutura sempre sensível, o acesso e a limpeza. “As operações também vão melhorar, facilitando o acesso de pessoas com mobilidade reduzida, aumentando a limpeza e permitindo um número maior de banheiros.”

Os ingressos para o festival só começam a ser vendidos a partir do dia 6 de abril. O preço ainda não foi definido pela organização.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Isso é rock????????

    Curtir