Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Robin Williams terá funeral privado em São Francisco

Familiares estão organizando uma cerimônia fechada para se despedir do ator

Robin Williams será velado em um funeral privado na cidade de São Francisco, na Califórnia, Estados Unidos. De acordo com o site E! News, a viúva do ator, Susan Schneider, organizou uma cerimônia fechada para familiares na região que Williams considerava seu lar. “Ainda não é oficial, mas este é o plano. Será algo pequeno. Eles são pessoas muito discretas”, disse um amigo da família ao site.

Susan foi a terceira esposa do ator, com quem se uniu em 2011. Williams tinha três filhos: Zac, de 31 anos, fruto de seu primeiro casamento com a atriz Valerie Velardi; Zelda, 25, e Cody, 23, filhos de seu segundo casamento, com Marsha Garces Williams, babá de seu primeiro filho. De acordo com o site, o mais velho, Zac, viajou de Nova York para São Francisco nesta quarta-feira.

Leia também:

Laudo confirma suicídio de Robin Williams

Oscar e fãs prestam homenagem a Robin Williams

Robin Williams deixou quatro filmes inéditos

Histórico – O ator de 63 anos foi encontrado morto por sua assistente pessoal em sua casa na cidade de Tiburon, na Califórnia. De acordo com o laudo médico, ele tentou se matar cortando o pulso esquerdo. A tentativa falhou e só deixou cortes superficiais, o que o levou a se enforcar com um cinto.

Williams tinha um longo histórico de problemas com drogas, em particular álcool e cocaína, desde os anos 1970. Segundo ele, a paternidade o levou a largar as drogas, em 1983. “Queria acompanhar todo o processo de gravidez e parto, sem perder nada. Sabia que ser pai já seria uma transformação louca e problemática sem drogas – imagine com elas”, disse em entrevista à revista VEJA.

Leia também:

Robin Williams enfrentava sérios problemas financeiros

Robin Williams aparece abatido em foto tirada em junho

Por 20 anos, Williams ficou sóbrio e viu sua carreira deslanchar, somando no total quatro indicações ao Oscar e uma vitória como ator coadjuvante pelo filme Gênio Indomável, de 1997. Mas em 2003 ele voltou a beber. Três anos depois, foi internado em uma clínica de reabilitação, por intervenção da família. Em 2010, em entrevista ao jornal britânico The Guardian, o ator contou que estava frequentando semanalmente as reuniões do Alcoólicos Anônimos (AA). Em julho de 2014, ele decidiu por conta própria se internar mais uma vez em uma clínica de reabilitação.