Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ringo Starr cancela show na Carolina do Norte por lei anti-LGBT

Ex-Beatle segue passos de Bruce Springsteen, que recentemente desistiu de um show no estado americano

O ex-baterista dos Beatles Ringo Starr anunciou o cancelamento de seu show em Cary, na Carolina do Norte, como protesto contra a lei aprovada no estado americano, que, na sua opinião, ataca a comunidade de lésbicas, gays, transexuais e bissexuais (LGTB). “Lamento decepcionar meus fãs na região, mas precisamos assumir uma posição frente a este ódio. Propaguem a paz e o amor”, disse o artista britânico em comunicado em sua conta no Facebook.

Leia também:

Bruce Springsteen cancela show por lei anti-LGBT

Disney e Marvel devem boicotar Estado da Geórgia se governo aprovar lei contra gays

Ringo diz que era o mediador em brigas entre os Beatles

Com o cancelamento do show em Cary, previsto para o dia 18 de junho, Starr se une ao cantor Bruce Springsteen, que decidiu recentemente não se apresentar na Carolina do Norte para mostrar sua oposição à denominada lei HB2 sobre “instalações públicas, de privacidade e segurança”. A medida impede que os governos locais estabeleçam suas próprias normas contra a discriminação sexual e reverte assim uma ordem da cidade de Charlotte a favor dos transgêneros.

A lei estadual, que entrou em vigor com a assinatura do governador Pat McCrory em 23 de março, já foi objeto de protestos por parte de organizações civis. “Esta lei abre portas para o preconceito em todos os lugares ao limitar as leis antidiscriminação contra pessoas devido à orientação sexual ou identidade de gênero”, disse Starr em nota.

Além disso, o músico pediu que todo mundo apoie as organizações que lutam pela causa para anular a norma. “Como os Beatles disseram, All You Need Is Love“, concluiu Ringo.

O ex-beatle tem planejada uma turnê pelos Estados Unidos que começará em 3 de junho em Syracuse, no Estado de Nova York, e terminará no dia 2 de julho em Los Angeles, na Califórnia.

(Da redação, com agência EFE)