Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Record entrega ex-menudo de ‘A Fazenda’ à polícia

Roy Rosselló é detido em Pilar do Sul, distrito de Sorocaba (SP), por não pagar pensão alimentícia ao filho e a princípio não voltaria ao reality. Emissora transforma caso em circo televisionado ao vivo, para ganhar audiência

*Esta nota foi atualizada às 19h, confira abaixo

A Rede Record entregou nesta quinta-feira o ex-menudo Roy Rosselló à polícia, por determinação judicial. Roy, que estava confinado no reality show A Fazenda, teve a prisão decretada pela juíza Tatiana Teixeira de Oliveira, da Vara da Família e das Sucessões de Itu, na última quinta-feira, 18, por não pagar pensão alimentícia ao filho de um casamento anterior. Ele foi preso em Pilar do Sul, distrito de Sorocaba (SP). No Facebook, a atual mulher, Patricia Avila Rosselló, que fala em “filhos” (no plural), o defendeu, dizendo que Roy estava em A Fazenda “a trabalho”, tentando se reerguer. O cantor estava na roça — o paredão de A Fazenda — com a funkeira Heloísa Faissol e corria o risco de ser eliminado pelo público nesta noite. A roça foi cancelada.

“Roy está com a produção da Fazenda e advogados da Record em uma delegacia, prestando depoimento. A votação de hoje está suspensa”, anunciou o matutino Hoje em Dia em seu perfil no Twitter, por volta das 11h30. O programa da Record exibiu ao vivo a prisão de Roy, que disse estar vivendo um “choque”. A emissora, aliás, faz um papel ridículo: o canal parece salivar com o caso, que pode atrair audiência a um programa capenga no Ibope.

Também por volta das 11h30, a Record enviou um curto comunicado à imprensa. “Por determinação judicial, o peão Roy deixou a sede da Fazenda nesta quinta-feira. Por essa razão, a votação para a roça está suspensa. No programa de hoje, às 22h30, você conhecerá os detalhes do que aconteceu com o ex-Menudo e a repercussão do fato entre os demais jogadores”, diz o texto, que aproveita para, em uma péssima hora e de uma forma terrível, divulgar o reality. De acordo com a assessoria da emissora, Roy, a princípio, não deve voltar ao programa, a menos que a questão seja resolvida a contento.

Não se sabe se os outros participantes de A Fazenda tomaram conhecimento da detenção do ex-menudo. Pelas regras do reality, os confinados devem permanecer alheios ao que acontece no mundo exterior.

É a segunda vez, no país, que o participante de um reality show deixa o confinamento rumo à delegacia. O caso lembra, ainda que guardadas todas as diferenças, o que se abateu sobre o Big Brother Brasil em 2012, quando um participante, o modelo Daniel Echaniz, saiu sob a suspeita de ter abusado de uma colega de confinamento, a gaúcha Monique. Na ocasião, Daniel e Monique prestaram depoimento à polícia. Ela o inocentou.

Roy Rosseló foi integrante do grupo porto-riquenho Menudo de 1983 a 1987, quando saiu para tentar a carreira-solo. Ele já atuou também como empresário, compositor, locutor de rádio e técnico de som. Desde 14 de setembro, está no ar na sétima temporada de A Fazenda, que tem entre seus participantes a ex-paquita Andréia Sorvetão, a dupla Pepê e Neném, o empresário Oscar Maroni e a modelo Cristina Mortágua.

*Atualização, às 19h: O ex-menudo foi liberado pela polícia para voltar ao reality show no final da tarde desta quinta-feira. O retorno de Roy, como tudo ligado ao caso do cantor, foi explorado ao vivo pela Record, que transmitiu sua volta no policialesco Cidade Alerta. Pouco antes, o vespertino Balanço Geral, também com a missão de tirar proveito da situação, entrevistou o delegado responsável, Nicolau Santarém. Ele disse que o processo corre desde 2010, diz respeito à pensão alimentícia de uma criança e, segundo contas feitas em 2011, o valor devido seria de 18.500 reais. Roy teria pago a quantia para ser liberado. Se o ex-menudo continua em A Fazenda, no entanto, é uma questão que a Record pode responder apenas durante a exibição do programa, já que deseja atrair audiência para um reality cada vez mais caído.