Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rapper Diddy é preso por agressão em universidade

O produtor musical teria agredido uma pessoa na academia da UCLA com um peso de musculação

O rapper americano Sean Combs, conhecido como Diddy, foi detido nesta segunda-feira no complexo esportivo da Universidade da Califórnia (UCLA), em Los Angeles, por agredir uma pessoa com um peso de musculação. Em uma nota oficial, a UCLA declarou que “ninguém ficou gravemente ferido” e informou que a polícia já abriu uma investigação sobre o incidente.

Nas próximas horas, o rapper de 45 anos será levado para uma prisão do condado de Los Angeles. O site especializado em celebridades TMZ relatou que Combs atacou um dos treinadores do setor de musculação da universidade. Na mesma nota, o técnico de futebol Jim Mora agradeceu “pelo profissionalismo”, com que a equipe reagiu ao episódio. “Foi um incidente muito infeliz para todas as partes”, frisou. “Mas deixaremos que o processo legal siga seu curso”, completou. Ainda não se sabe o motivo da agressão.

Leia também:

Sorry, Beatles. O hip-hop é que fez revolução

Snoop Dogg acha que ‘Game of Thrones’ é aula de história. Sério

Segundo o jornal britânico The Guardian, o filho de Diddy, Justin Combs, é parte do time de futebol da instituição. Nos três anos em que participa do grupo, ele jogou apenas algumas vezes. Cordell Broadus, filho do rapper Snoop Dogg, também foi eleito para entrar no time e fará sua estreia em setembro.

Diddy é um dos rappers mais importantes da atual cena musical, promotor das carreiras de Mary J. Bligde, Biggie, Usher e Lil’ Kim, entre outros. Também é considerado o mais rico entre os colegas, com uma fortuna que soma mais de 735 milhões de dólares, segundo levantamento da revista Forbes.

(Da redação com agência France-Presse)