Clique e assine a partir de 9,90/mês

Rafael é eliminado do ‘BBB 15’ com 77% dos votos

Brother não resistiu à sua primeira berlinda e perdeu para Cézar na preferência do público

Por Amábile Reis - 18 mar 2015, 00h48

Rafael não resistiu ao seu primeiro paredão no Big Brother Brasil 15 e foi eliminado do programa com 77% dos votos nesta terça-feira. Melhor para o caubói Cézar, que, mesmo tendo apenas a estátua da casa como amiga, voltou de mais uma berlinda com o apoio do público.

Rafael iniciou o programa com o apelido de “Príncipe” e, saiu do reality, com um comportamento bem longe de poder ser considerado principesco. Sua tumba começou a ser cavada a partir de uma briga com o teólogo Marco. A discussão contaminou outros participantes, como Adrilles, e culminou em um dos barracos mais bizarros do programa. Depois disso, o poeta maluco e Mariza se tornaram alvos constantes de Rafael. O rapaz a todo o momento dava um jeito de criar uma confusão com a dupla e o público não perdoou esse comportamento.

LEIA TAMBÉM:

Fernando tenta disfarçar, mas trai Aline todos os dias

Continua após a publicidade

Fernando pede que Rafael leve recado a Aline se sair

Como Adrilles definiu, Rafael pode ser visto como uma alusão ao enredo de O Médico e o Monstro, de Robert Louis Stevenson. Por ora, era o mais educado da “nave louca”, o menino de ouro, que nem o personagem do médico na narrativa. Ele era o cozinheiro da casa e o mais ágil das provas, o que fazia com que todos os colegas quisessem manter uma aproximação com o estudante. Mas, bastava uma bola fora da curva de algum brother, que o ex-jogador colocava a pessoa para escanteio e dava vazão a sua raiva reprimida, igual ao monstro da história. E aí não havia cartão vermelho que o tirasse de campo e o acalmasse. Se a discussão era cessada, Rafa dava um jeito de fazer fofoca para desestabilizar o concorrente. Com tantos deslizes, os juízes do reality – neste caso, os espectadores – decretaram a expulsão do ex-jogador, que dá adeus ao prêmio de um milhão e meio de reais.

Publicidade