Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Protagonistas de ‘Crepúsculo’ vão trocar de sexo em novo livro

Para comemorar os dez anos da saga, a autora Stephenie Meyer anunciou o lançamento de 'Vida e Morte: Crepúsculo Reimaginado', que chega ao Brasil em novembro

Para comemorar o décimo aniversário de lançamento do livro Crepúsculo, que inaugurou a série vampiresca sobre Edward Cullen e Bella Swan, a autora Stephenie Meyer resolveu reescrever as 442 páginas do romance com uma mudança curiosa — ela trocou o gênero dos personagens, inclusive do casal protagonista. Em Vida e Morte: Crepúsculo Reimaginado, como o livro se chamará no Brasil, Bella Swan agora é um garoto chamado Beau, apelido de Beaufort, enquanto Edward Cullen se chama Edythe. A editora Intrínseca, que lançou toda a saga Crepúsculo no país, confirmou a publicação do volume para 1º de novembro, quando sai uma edição especial de aniversário do livro Crepúsculo.

LEIA TAMBÉM:

Novo ‘Cinquenta Tons de Cinza’, ‘Grey’ é livro preguiçoso e misógino

‘Crepúsculo’ comemora 10 anos com edição especial

Nããão: saga ‘Crepúsculo’ retornará em curtas no Facebook

Produtora e estúdio de ‘Crepúsculo’ processam sátira do filme

Robert Pattinson diz que ‘Crepúsculo’ foi seu trabalho mais difícil. Oi?

A tática lembra a de E. L. James, autora de Cinquenta Tons de Cinza, que acaba de publicar Grey, uma versão da história pelo ponto de vista do seu galã sadomasoquista. O livro, que parece feito só para vender, já está entre os mais vendidos do país. No prefácio da edição especial de Crepúsculo, no entanto, Stephenie afirma que mudou o gênero de Bella para mostrar que a personagem não é uma “donzela em perigo” como os críticos disseram, mas um “humano” em perigo. “Eu sempre disse que não faria diferença se ela fosse homem e o vampiro, uma mulher — é a mesma história. Gênero e espécies de lado, Crepúsculo sempre foi uma história sobre a mágica, a obessão e o frenesi do primeiro amor”, escreveu.

Para a escritora, reescrever o livro “não apenas foi divertido, mas muito rápido e fácil”. As linhas iniciais tratam da chegada do adolescente Beau à cidade de Forks, Washington (EUA), para morar com seu pai, Charlie. Os gêneros dos pais dos personagens principais continuam os mesmos. Enquanto na história original Bella veste sua camiseta branca preferida, Beau usa, na trama revisitada, uma camiseta do Monty Python, grupo britânico de comédia.

http://videos.abril.com.br/veja/id/77e39982974e5aca543782725b6b2a7e

Amanhecer – Parte 2

Depois do nascimento da filha de Bella (Kristen Stewart) e Edward (Robert Pattinson), os Cullen se reúnem a outros clãs de vampiros para proteger a criança dos Volturi.

http://videos.abril.com.br/veja/id/2c9f94b533a4853d0133b2fe27af0ed6

Amanhecer – Parte 1

O penúltimo filme foca no casamento de Bella e Edward e suas consequências para os personagens da trama. 

http://videos.abril.com.br/veja/id/b078f27ddc1ade796858d4739f12eb1a

Eclipse

Não é um grande filme, mas pelo menos é bem dirigido — todas as porcas e parafusos estão no lugar, o longa se sustenta. E tem um triângulo amoroso — Bella, Edward e Jacob — capaz de dar alguma emoção ao filme.

http://videos.abril.com.br/veja/id/2c9f94b4339ebdcc0133b8cfd5a41b72

Lua Nova

Direção de arte falha quando é chamada a mostrar mais serviço, caso desse filme, em que entram em ação os Volturi, antigos e decadentes vampiros que são considerados os chefões da espécie.

http://videos.abril.com.br/veja/id/7bab31a9f67452d9ef2a56d9e90cbc4d

Crepúsculo

Primeiro e mais fraco filme da série. Começa com a mudança de Bella para a casa do pai, em Forks, cidade que é a menos iluminada dos Estados Unidos e, por isso, um ninho perfeito para os vampiros que brilham ao sol. É lá que conhece Edward, um vamp centenário, e Jacob, um adolescente que se descobre lobisomem.