Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Primeira edição de ‘O Hobbit’ é leiloada por R$ 654.000

É o novo recorde mundial para um exemplar do romance de fantasia publicado em 1937 por J.R.R. Tolkien

Por Da Redação - 4 jun 2015, 20h53

Uma edição original do livro O Hobbit, do escritor britânico J.R.R. Tolkien (1892-1973), contendo uma dedicatória em língua élfica, foi arrematada por 137.000 libras (654.000 reais, aproximadamente), mais que o dobro do preço estimado, anunciou nesta quinta-feira a casa de leilões Sotheby’s. É o novo recorde mundial para um exemplar do romance de fantasia publicado em 1937. O recorde anterior era de 50.000 libras, de 2008.

Leia também:

Novo ‘O Hobbit’ marca o fim da era Tolkien no cinema

‘O Hobbit 3’ é o filme mais esperado – ao menos no YouTube

Publicidade

O exemplar vendido nesta quinta-feira foi um presente do autor a Katherine (“Kitty”) Kilbride, uma de suas alunas na Universidade de Leeds nos anos 1920 e com quem trocou correspondência durante grande parte de sua vida. A dedicatória está escrita à mão com um pequeno verso de quatro linhas em élfico, a língua inventada pelo filólogo e escritor.

O Hobbit, que inicialmente era um livro infantil, escrito por Tolkien para seus filhos, conta as aventuras de Bilbo Baggins e de um grupo de anões que buscam a conquista do reino de Erebor e de um tesouro fabuloso, mas que caiu nas garras do dragão Smaug. O livro foi adaptado para o cinema em três filmes, dirigidos por Peter Jackson, o mesmo diretor que levou às telas a história de O Senhor dos Anéis, a mais famosa obra de Tolkien.

Nesse mesmo leilão foi arrematada um exemplar da primeira edição de Harry Potter e a Pedra Filosofal, de J.K. Rowling, por 25.000 libras (cerca de 77.000 reais), e um exemplar duplo de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, com dedicatória do autor, por 10.000 libras (31.000 reais, aproximadamente).

(Com agências EFE e France-Presse)

Publicidade