Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pressão e fama repentina levaram ator a deixar ‘50 Tons’

O peso do papel de Christian Grey e o excesso de atenção desagradaram Charlie Hunnam que abandonou o filme

A fama repentina e a pressão para interpretar Christian Grey, protagonista da adaptação cinematográfica da trilogia Cinquenta Tons de Cinza, seriam os verdadeiros motivos que levaram o ator Charlie Hunnam a desistir do papel. A informação foi revelada pelo site The Hollywood Reporter, o primeiro a noticiar a baixa no elenco, após ouvir duas fontes próximas ao ator.

Apesar do forte apelo sexual da história, o ator não tinha problemas com cenas de nudez e sexo. O que o incomodou de fato foi a superexposição de sua vida pessoal e todo o frenesi causado pela escalação.

Segundo amigos, Hunnam ficou impressionado com a popularidade que ganhou após o anuncio da sua contratação e sentiu a pressão de ser o personagem principal em um filme tão esperado. A Universal Pictures, estúdio responsável pela produção, recentemente teve de contratar seguranças para o ator durante a estreia da nova temporada da série Sons of Anarchy. No tapete vermelho do evento, Hunnam só era questionado sobre o papel do sadomasoquista que em breve encarnaria.

Leia também:

’50 Tons de Cinza’: saiba quem disse não ao filme

Autora queria Robert Pattinson como Christian em ’50 Tons’

Ao ser escolhido para o papel, Hunnam também teve de enfrentar a fúria dos fãs da saga, que não o aprovaram. Até mesmo um abaixo-assinado foi criado para que ele e a atriz Dakota Johnson, escolhida para viver a heroína virginal Anastasia Steele, fossem retirados do longa.

Em comunicado oficial da Universal, o motivo da saída seria a agenda apertada do ator em Sons of Anarchy, série em que atua desde 2008, que o impedia de se preparar de maneira adequada para o papel de Christian Grey.

VOTE: Quem deveria substituir Charlie Hunnam em ’50 Tons’?

Por enquanto, não há outro nome cotado para substituir a lacuna deixada por Hunnam. Dakota segue escalada. A direção do filme será de Sam Taylor-Johnson, de O Garoto de Liverpool (2009). A princípio, as filmagens começariam em novembro. O filme tem estreia prevista para 1º de agosto de 2014, nos Estados Unidos.