Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia prende segundo suspeito de assassinato de rapper XXXTentacion

Michael Boatwright, de 22 anos, já estava sob custódia da polícia devido a outras acusações quando as autoridades o acusaram de participar do crime

A polícia do Estado americano da Flórida acusou um segundo suspeito de homicídio doloso pelo assassinato a tiros do rapper em ascensão XXXTentacion em junho, disseram autoridades nesta quarta-feira. Sad, hit de XXXTentacion, chegou ao topo da parada Billboard Hot 100 após sua morte.

O suspeito Michael Boatwright, de 22 anos, já estava sob custódia da polícia devido a outras acusações quando as autoridades o acusaram de participar da morte de XXXTentacion, cujo nome verdadeiro era Jahseh Dwayne Onfroy. O músico foi assassinado quando deixava uma concessionária de carros e barcos em Deerfield Beach, cerca de 64 quilômetros ao norte de Miami, em 18 de junho.

“Pouco antes das 16h de 18 de junho, Boatwright e outro cúmplice armado confrontaram Onfroy durante um aparente roubo”, informou o escritório do xerife do condado de Broward nesta quarta-feira, em comunicado. “Ao menos um dos suspeitos disparou uma arma, atingindo Onfroy. Os dois suspeitos fugiram em uma SUV de cor escura.”

O rapper foi levado a um hospital local, onde sua morte foi declarada, disseram autoridades.

Investigadores disseram que Boatwright foi preso em 5 de julho devido a outras acusações ligadas a drogas e que está detido na prisão do condado de Broward.

Outro suspeito, Dedrick Williams, também de 22 anos, foi acusado de homicídio doloso no mês passado e se encontra sob custódia policial. Williams se declarou inocente, de acordo com autoridades judiciais.