Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Polícia caça responsáveis pelo vazamento das fotos de Carolina Dieckmann nua

Mais uma testemunha foi ouvida na manhã desta terça-feira. Google tem até o final da tarde para bloquear as imagens

O delegado Gilson Perdigão, titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, passou a manhã desta terça-feira em diligências relacionadas ao vazamento de fotos íntimas da atriz Carolina Dieckmann. Segundo a Polícia Civil, ele está dedicado integralmente ao caso. Agora à tarde, foi ouvida mais uma testemunha do caso.

As imagens de Carolina Dieckmann nua vazaram na internet na última sexta-feira. Muitas fotografias, feitas com celular em frente a um espelho, trazem nu frontal. No sábado, o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, um dos maiores advogados criminalistas do país, assumiu o caso e revelou que Carolina foi chantageada durante um mês através de e-mails anônimos. O chantageador pedia 10 mil reais à atriz, que tentou negociar, através de Rodrigo Pimentel, apresentador da TV Globo e ex-integrante do Bope, mas não conseguiu impedir a divulgação das imagens.

A queixa foi registrada na DRCI na segunda-feira, quando a atriz foi ouvida durante mais de três horas. No mesmo dia, seu advogado entrou com duas ações: uma delas para que os sites retirem as fotos do ar; a outra, criminal, com objetivo de identificar o responsável por roubar as fotos do notebook de Carolina e divulgá-las.

O advogado de Carolina Dieckman vai aguardar até o fim desta terça-feira para entrar com ação inibitória para que o Google retire do ar buscas relacionadas às fotos em que a atriz aparece nua. O Yahoo já bloqueou o acesso às imagens.

Segundo Kakay, no primeiro contato feito com a empresa, a informação passada foi que eles só costumam fazer a retirada com medida judicial. “Esperamos que o Google use o bom senso e retire as buscas do site deles. Vou aguardar o contato do advogado até o final do dia. Acredito que eles retirem”, disse o advogado, ressaltando que, caso isso não aconteça, entrará com a ação.

LEIA TAMBÉM:

Advogado diz que polícia chegará rapidamente aos responsáveis pelo vazamento das fotos