Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pichação confirmada na Bienal 2010, que investiga relação entre política e arte

Quase 150 artistas vão ocupar o prédio da 29ª Bienal de São Paulo, que acontece de 25 de setembro a 12 de dezembro, no Parque Ibirapuera. Da lista de participantes, anunciada nesta terça-feira, consta também o coletivo Pixação SP, presença que confirma a intenção da curadoria de conferir à pichação um espaço entre formas de arte já consagradas, como a pintura e a escultura.

O objetivo, explicou o curador Moacir dos Anjos, é questionar o que pode ser considerado arte, e se uma obra precisa de chancela para ser classificada como objeto artístico. Ou, mais especificamente, se o “pixo” pode ser visto como uma expressão artística legítima. A curadoria ainda não sabe, porém, de que modo os pichadores se manifestarão no espaço da mostra.

Para Moacir dos Anjos, a presença dos pichadores é coerente com o tema da Bienal 2010, que investiga a relação entre arte e política, já que algumas pixações podem ter teor político.

Confira, abaixo, a relação de artistas que farão parte da 29ª Bienal de São Paulo:

Nacionais

Albano Afonso, Alice Miceli, Amélia Toledo, Antonio Dias, Carlos Teixeira, Carlos Vergara, Carlos Zilio, Cildo Meireles, Cinthia Marcelle, Daniel Senise, David Cury, Eduardo Coimbra, Efrain Almeida, Ernesto Neto, Fernando Lindote, Flávio de Carvalho, Gil Vicente, Graziela Kunsch, Guy Veloso, Hélio Oiticica, Henrique Oliveira, Jonathas de Andrade, José Leonilson, José Spaniol, Juliana Stein, Kboco e Roberto Loeb, Livio Tragtenberg, Luiz Zerbini, Lygia Pape, Marcelo Silveira, Marilá Dardot e Fábio Morais, Maria Thereza Alves, Matheus Rocha Pitta, Milton Machado, Nelson Leirner, Nuno Ramos, Pixação SP, Rex Time, Rochele Costi, Rodrigo Andrade, Ronald Duarte, Rosangela Rennó, Tamar Guimarães, Tatiana Blass, Oswaldo Goeldi e Paulo Bruscky

Internacionais

Adrian Piper (EUA), Aernout Mik (Holanda), Ai Weiwei (China), Alberto Greco (Argentina), Alessandra Sanguinetti (EUA), Alfredo Jaar (Chile), Allan Sekula (EUA), Allora & Calzadilla (EUA e Cuba), Amar Kanwar (India), Ana Gallardo (Argentina), Andrea Büttner (Alemanha), Andrea Geyer (Alemanha), Andrew Esiebo (Nigéria), Anna Maria Maiolino (Itália), Anri Sala (Albânia), Antonieta Sosa (EUA), Antonio Manuel (Portugal), Apichatpong Weerasethakul (Tailândia), Archigram Group (Inglaterra), Artur Barrio (Portugal), Artur Zmijewski (Polônia), Bofa da Cara – Pere Ortín (Espanha), Nástio Mosquito (Angola), CADA – Colectivo Acciones de Arte (Chile), Carlos Bunga (Portugal), Carlos Garaicoa (Cuba), Chantal Akerman (Bélgica), Claudia Joskowicz (Bolívia), Claudio Perna (Venezuela), David Claerbout (Bélgica), David Goldblatt (África do Sul), David Lamelas (Argentina), David Maljkovic (Croácia), Deimantas Narkevicius (Lituânia), Dora Garcia (Espanha), Douglas Gordon (Escócia), Eduardo Navarro (Argentina), Emily Jacir (Palestina), Enrique Jezik (Argentina), Filipa César (Portugal), Fiona Tan (Indonésia), Francis Alÿs (Bélgica), Gabriel Acevedo (Peru), Gustav Metzger (Alemanha), Guy de Cointet (França), Harun Farocki (Alemanha), Ilya Kabakov (Rússia), Isa Genzken (Alemanha), Jacobo Borges (Venezuela), James Coleman (Irlanda), Jeremy Deller (Inglaterra), Jimmie Durham (EUA), Joachim Koester (Dinamarca), Jonas Mekas (Lituânia), José Antonio Vega Macotela (México), Joseph Kosuth (EUA), Julie Ault e Martin Beck (EUA e Áustria), Karina Skvirsky Aguilera (EUA), Kendell Geers (África do Sul), Kiluanji Kia Henda (Angola), Kutlug Ataman (Turquia), Manfred Pernice (Alemanha), Manon de Boer (Índia), Marcius Galan (EUA), Mário Garcia Torres (México), Marlene Dumas (África do Sul), Marta Minujin (Argentina), Mateo López (Colômbia), Miguel Angel Rojas (Colômbia), Miguel Rio Branco (Espanha), Mira Schendel (Suíça), Moshekwa Langa (África do Sul), Nan Goldin (EUA), NS Harsha (India), Oscar Bony (Argentina), Otobong Nkanga (Nigéria), Otolith Group (Inglaterra), Palle Nielsen (Dinamarca), Pedro Barateiro (Portugal), Pedro Costa (Portugal), Roberto Jacoby (Argentina), Qiu Anxiong (China), Raqs Media Colective (Índia), Runa Islam (Bangladesh), Sandra Gamarra (Peru), Sara Ramo (Espanha), Simon Fujiwara (Inglaterra), Sophie Ristelhueber (França), Steve McQueen (Inglaterra), Sue Tompkins (Inglaterra), Superstudio (Itália), Susan Philipsz (Escócia), Tacita Dean (Inglaterra), Tatiana Trouvé (Itália), Tobias Putrih (Eslovênia), UNStudio (Holanda), Wendelien van Oldenborgh (Holanda), Wilfredo Prieto (Cuba), Yael Bartana (Israel), Yoel Vazquez (Cuba), Yonamine Miguel (Angola), Yto Barrada (França) e Zanele Muholi (África do Sul).