Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pianista Sonia Rubinsky lança álbum com recital em SP

Por AE

São Paulo – A gravação, na Europa, da obra integral para piano de Villa-Lobos deu status de especialista à pianista Sonia Rubinsky – e, de quebra, um Grammy Latino de melhor álbum clássico, em 2009. Sua discografia no Brasil, porém, tem permitido ao público contato com outras facetas de sua personalidade artística. Em 2008, lançou álbum com peças de Mozart (selo Clássicos); no ano seguinte, gravou sonatas de Scarlatti (selo Algol); e, agora, lança as “Canções sem Palavras”, de Felix Mendelssohn. O lançamento será hoje na Livraria Cultura do Shopping Villa-Lobos, a partir das 19 horas, com um recital.

Radicada em Paris, Sonia teve como primeira parada na carreira, assim que saiu do Brasil, aos 13 anos, Israel; em seguida, estudou na Juilliard School, em Nova York. Sua trajetória revela um repertório amplo – que vai do período clássico à obra de Olivier Messiaen ou John Adams.

Em suas gravações de Villa-Lobos, impressiona o cuidado com o colorido, a riqueza na construção das vozes, a atenção à arquitetura da música, sem deixar de lado o lirismo. E as mesmas características dão a tônica dessas “Canções sem Palavras”. Mendelssohn as escreveu ao longo de toda a vida, num total de oito cadernos compostos por seis peças cada um. Elas se encaixam na tradição romântica de peças curtas e líricas para piano – mas têm como diferencial justamente a qualificação de ‘canções sem palavras’, o que abre um mundo de possibilidades de interpretação, como o próprio compositor sugeriu. “O que a música que amo expressa não é demasiado vago para ser expresso em palavras; pelo contrário, é muito exato para ser expresso por elas.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

SONIA RUBINSKY

“Canções Sem Palavras”

Algol, R$ 40 (álbum duplo)