Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Paolla Oliveira e Globo se pronunciam sobre vazamento de fotos

Atriz e emissora se surpreenderam com a divulgação de imagens feitas no set de gravação da série ‘Assédio’

Paolla Oliveira e Globo repudiaram nesta quinta-feira o vazamento de fotos em que a atriz aparece sem roupa, feitas no set de gravação da série Assédio, uma coprodução da emissora carioca com a produtora O2, em São Paulo. As imagens foram divulgadas nas redes sociais.

Em comunicado, a emissora afirmou que não poupará esforços “para que sejam identificados os culpados e aplicadas as punições previstas na lei”. “A Globo repudia com veemência esse tipo de abuso, que atenta contra os direitos da atriz e viola a privacidade de seus ambientes de trabalho. O ato, que configura crime previsto em lei, também foi informado às autoridades policiais”, diz o texto. A empresa ainda promete aprimorar as medidas de segurança para tentar evitar que esse tipo de coisa aconteça novamente.

Já Paolla se pronunciou no Instagram. “Até quando a invasão da privacidade de um ser humano, o desrespeito a um ambiente de trabalho e a atitude desonesta de trair a confiança de colegas de trabalho serão tratados como um ato de esperteza em nossa sociedade?”, escreveu. “As autoridades já foram acionadas para que esta atitude seja punida exemplarmente, e qualquer pessoa possa trabalhar dignamente, sem correr o risco de ter a sua intimidade exposta, explorada, desrespeitada por invasores, covardes e criminosos.”

View this post on Instagram

ATÉ QUANDO? Até quando a invasão da privacidade de um ser humano, o desrespeito a um ambiente de trabalho e a atitude desonesta de trair a confiança de colegas de trabalho serão tratados como um ato de esperteza em nossa sociedade? Esta é a pergunta que me faço e gostaria de compartilhar com todos. Sou atriz e estou trabalhando em uma série que se chama Assédio, uma produção da Globo com a O2Filmes. Em um ambiente controlado, fechado e profissional, um criminoso (não há outra palavra que o defina – pois o que foi feito é crime) resolveu fazer fotos clandestinas de um momento mais sensual da série e divulgar em redes sociais. O que para mim é trabalho se transformou em oportunidade para alguém tentar tirar vantagens. O que esta pessoa ganhou com isso? Dinheiro, fama, cliques, likes, popularidade? Pouco importa. Pois o que ele (ou ela) fez para obter isso é crime previsto na lei. Em um momento em que todos estamos buscando uma sociedade mais correta, não há mais espaço para considerarmos esperteza o que é um desrespeito. As autoridades já foram acionadas para que esta atitude seja punida exemplarmente, e qualquer pessoa possa trabalhar dignamente, sem correr o risco de ter a sua intimidade exposta, explorada, desrespeitada por invasores, covardes e criminosos. #AteQuando

A post shared by Paolla Oliveira (@paollaoliveirareal) on

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    Quando artistas veem a público defender que se lixam para a ética na política e que se tiver que roubar, assim seja, é difícil encarar a sério esta reclamação. Artistas reunidos gritando que é golpe, etc. Fala sério.

    Curtir

  2. Ataíde Jorge de Oliveira

    PRO
    NÜNÇiA
    M E N T O

    Curtir

  3. Sérgio Carneiro

    Quer dizer então que um “criminoso” invadiu sua privacidade, tirando fotos da sua nudez, de uma série que vai aparecer você nua na TV? Entendi.

    Curtir

  4. severiano filho

    Propaganda & Marketing

    Curtir

  5. Olha a que ponto eu cheguei, e acredito que milhões de brasileiros devem estar nesse mesmo estado de torpor. Nos jogaram em tantas sacanagens que, a princípio, encaro essa como mais uma. É muita coincidência um assédio desses acontecer justamente nas gravações de uma série de TV denominada ASSÉDIO, entenderam? Não dá para acreditar em mais ninguém. O descrédito tomou conta de mim. Agora é aquela máxima: “É um olho no padre e o outro na missa”.

    Curtir