Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

No Brasil, ex-mulher decreta: ‘Elvis não morreu’

Em SP para abrir uma exposição com 600 objetos do cantor, Priscilla Presley diz que país tem o maior número de fãs do roqueiro depois dos Estados Unidos

“Elvis não morreu”, e quem diz é a própria “viúva” do cantor, Priscilla Presley, na verdade separada do roqueiro cinco anos antes de sua morte, mas ainda hoje identificada como parceira do astro de Graceland — além de mãe de sua única filha, Lisa Marie, ex-mulher de Michael Jackson. E é de lá, da terra onde Elvis passou a maior parte da vida, que vêm os 600 objetos apresentados nesta terça-feira por Priscilla a jornalistas em São Paulo, em evento que marcou o lançamento da exposição The Elvis Experience, no shopping Eldorado. São roupas, discos, prêmios, duas ferraris, o telefone de ouro da sua casa e seu primeiro telefone móvel, que foi também o primeiro dos Estados Unidos. A mostra acontece de 5 de setembro a 5 de novembro.

ESPECIAL: Viaje ao local onde nasceu a música do mito Elvis Presley

“Com certeza, Elvis está muito vivo”, disse Priscilla na coletiva, comentando o carinho dos fãs pelo roqueiro. Segundo a “viúva” do cantor, o Brasil foi escolhido como primeiro país a receber a mostra porque possui o maior grupo de fãs depois dos EUA. De acordo com ela, os brasileiros respondem por boa parte dos 7 milhões de seguidores de Elvis no Facebook.

A mostra faz parte da celebração dos 35 anos da morte de Elvis, que incluirá a turnê Elvis Presley in Concert, a partir do mês que vem. Shows que reunirão músicos que tocaram com o cantor, vídeos e a voz original do roqueiro acontecerão em Brasília (dia 6 de outubro), São Paulo (dias 8, 9 e 10 de outubro) e Rio de Janeiro (11 de outubro). Ao todo, os investimentos nos eventos foram de 10 milhões de reais.

A exposição The Elvis Experience reúne objetos administrados pela empresa Elvis Presley Enterprises, responsável pelo patrimônio do roqueiro e gerida por Priscilla e Lisa-Marie Presley. A companhia responsável por trazer o evento ao país é a 2Share. As visitas à mostra serão feitas com horário marcado, de segunda a segunda, das 10h às 22h. As entradas vão custar de 50 a 200 reais (na primeira semana de exibição) e de 20 a 200 (segunda semana em diante). Um lote de 50 ingressos especiais para o dia da abertura, vendidos a 2.000 reais, dão direito a uma visita guiada por Priscilla, que também distribuirá autógrafos. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site http://www.ingressorapido.com.br. Informações pelo telefone 0/xx/11 4003-1212.

Jô Soares — Nesta segunda-feira, Priscilla Presley esteve no talk-show de Jô Soares, na Rede Globo. Na conversa, ela relevou alguns traumas de Elvis, como a pobreza na infância, que o levou a rejeitar o uso de calças jeans na vida adulta, e o complexo com o pescoço, que achava grande demais e por isso cobria com golas enormes.