Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Netflix perdeu 39 milhões de dólares com demissão de Kevin Spacey

Após as acusações de assédio sexual contra o ator, a empresa o apagou da série 'House of Cards' e descartou um filme em fase de produção

Os recentes escândalos sexuais em Hollywood começam a pesar no bolso dos estúdios. Nesta segunda-feira, a Netflix anunciou aos seus investidores que levou um prejuízo de 39 milhões de dólares por causa das denúncias de assédio contra Kevin Spacey — e a consequente decisão de demiti-lo da série House of Cards. Uma fonte da CNNMoney revelou que o valor se refere a material já filmado e, em seguida, descartado.

Além do seriado em que Spacey interpretava o presidente americano, Spacey estava envolvido em outra produção da casa, o filme Gore, sobre o romancista Gore Vidal. Com a demissão, o projeto foi cancelado, mas já estava em pós-produção.

Já os roteiristas de House of Cards precisaram reescrever todo o conteúdo da sexta e última temporada, que deve girar em torno da personagem da atriz Robin Wright, que fazia a primeira-dama e agora sentará na cadeira de presidente.

Apesar dos danos, a empresa também Informou ter conquistado 8,33 milhões novos clientes no último trimestre de 2017, 2 milhões a mais do a previsão de que analistas. Com isso, suas ações subiram mais de sete por cento após o fechamento do mercado.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Fernando Mello

    Bem feito…não quer agradar as redes sociais? agora faz a conta…

    Curtir

  2. Sexo Selvagem Sempre Existiu
    Nos Camarins…Sexo É Vida !

    Curtir

  3. Se Somos Fruto De Um Sexo Selvagem
    Ou De Um Amor Romântico Ou Ambos…
    O Ingrediente Usado É Indiferente…
    Sexo É Vida !

    Curtir

  4. O Cidadão Presta Conta Com A Justiça
    O Personagem Da Série Não Se Deve Punir

    Curtir

  5. Como o Netflix não terá mais o Frank Underwood…. acabei de cancelar o Netflix. Eu acho que o “House of Cards” (de looooooonge) a melhor produção da Netflix.

    Curtir

  6. Putz Otávio, volta por favor! Não sei se a Netflix vai sobreviver sem você.

    Curtir

  7. Hahahaha… sensacional, Armando !

    Com essa xhuva feminazi sobre as produções cinematográficas… daqui a pouco teremos filmes com 100% só de mulheres.

    Curtir

  8. Agora a netflix terá que apostar no intrépido e talentosíssimo Adam Sandler.

    Curtir