Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Netflix encomenda ‘3%’, sua primeira série original brasileira

A produção é sobre um tempo futuro em que o mundo está dividido entre progresso e devastação, e apenas três por cento das pessoas podem ir para o lado melhor

A Netflix vai rodar a sua primeira série original no Brasil, o drama futurístico 3%, em parceira com a produtora Boutique Filmes, de produções como a série Hermes e Renato e os documentários Mistérios e Lowrider Brasil, feitos para a Discovery. Os atores João Miguel (Xingu) e Bianca Comparato (Somos Tão Jovens) estão confirmados no elenco da trama, descrita como um thriller distópico. Na história, baseada na websérie de mesmo nome escrita por Pedro Aguilera, o mundo está dividido entre progresso e devastação e apenas 3% das pessoas têm a chance de migrar para o lado melhor. As gravações começam no início de 2016, ano em que a série deve ser disponibilizada no catálogo mundial da Netflix.

LEIA TAMBÉM:

​Netflix: a revolução já começou​ ​

Primeiro filme original da Netflix já tem data de estreia​

​​Séries originais da Netflix alavancam crescimento do canal

O cineasta uruguaio César Charlone, diretor de fotografia de Cidade de Deus (2002) e Ensaio sobre a Cegueira (2008), será o supervisor da direção, cargo que será dividido entre Jotagá Crema, Dani Libardi e Daina Giannecchini. À revista americana Variety, Erik Barmack, vice-presidente da Netflix de conteúdos independentes e locais, falou sobre a produção: “Nós estamos confiantes que esta premissa fascinante será muito apreciada pelos nossos assinantes”.

O Brasil, onde está presente desde 2011, representa hoje um importante mercado para a Netflix, que conta com 65,6 milhões de assinantes em todo o mundo. Contudo, a Netflix ainda não se espalhou mundialmente, e seu objetivo é chegar a 200 países até o final de 2016. Para tanto, a empresa anunciou que o serviço estará disponível no Japão em 2 de setembro e, no mês seguinte, em Itália, Portugal e Espanha.

Abaixo, vídeo em que a atriz Bianca Comparato fala sobre a série 3%: