Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nem Silvio Santos salva a Globo de… Silvio Santos

Rá-raaaaai. Silvio Santos está rindo à toa. Em um embate histórico e antológico, o apresentador venceu a si mesmo — na verdade, derrotou a sua versão feita pelo humorista Wellington Muniz, ex-Pânico, na tela da Globo. Vista pelos usuários das redes sociais como tática para melhorar o ibope do Tomara que Caia, humorístico que ainda não mostrou a que veio, a escalação do comediante Ceará pela Globo deixou a atração atrás do Programa Silvio Santos, do SBT.

LEIA TAMBÉM:

Para competir com Silvio Santos, Globo escala… Silvio Santos

Na disputa com sua imitação, das 23h30 às 0h03, Silvio Santos obteve 11,8 pontos de média no Ibope, contra 11,7 da Globo, em São Paulo. Se na capital paulista o placar foi praticamente de empate, no Rio a diferença foi bem maior: 13,3 contra 11,5 pontos de média.

Da parte da Globo, não houve qualquer censura: o Silvio fake fez piadinhas obcenas — “Marcelo Serrado, te conheço de ânus” –, chamou a voz em off de Lombardi, tradicional interlocutor do apresentador no SBT, e dançou ao som da clássica música do Programa Silvio Santos (“Lá, lá, lá, lá”).

Cueca de elefante

Silvio Santos tenta fazer com que sua equipe de “humoristas” seja engraçada. A tarefa difícil pede que o apresentador, de vez em quando, tome atitudes surpreendentes. Caso do dia em que ele falou ter recebido um presente da atriz Lívia Andrade. Dentro da sacola, estava uma cueca rosa em formato de elefante com uma tromba pendurada. A dúvida de Silvio é como ele vai preencher aquele “saquinho”. “Não consigo mais não”, conta. O bate-papo nonsense sobre a peça de roupa entre o apresentador e sua trupe acontece a partir do minuto 11.

Tombo ao vivo

Pronto para fazer uma piada com o telespectador gago no telefone, Silvio Santos erra o degrau e leva um tombo no palco, ao vivo, durante o sorteio da Tele Sena. Ainda no chão, onde ele continua apresentando o quadro, Silvio faz piada com o sobrenome de duplo sentido do telespectador. Por fim, ele recebe a ajuda de Liminha para se levantar e sofre outro rápido tombinho, até conseguir ficar totalmente de pé. 

Tombo versão aquática

Silvio Santos decide testar um tanque de água, montado no palco para uma das provas que será aplicada por ele. Se a tábua em que está sentado funcionar, a plateia e o participante ganham uma bolada, se não… cabeças que trabalham no cenário vão rolar, ameaça o patrão. 

Idoso horroroso

Em um dos muitos episódios de pura honestidade, a pequena Maisa chama o apresentador de idoso e “desmente” boatos de que gostaria de se casar com ele. “Nem que me pague uma nota de 1 milhão”, desdenha a garota. “Insubordinado, chato, fifi, horroroso”, completa Maisa a lista de defeitos do pretendente. 

Sem calças

Durante um de seus programas, quando os calouros do momento passariam por uma votação, a calça do apresentador cai sem explicações. Em meio a muitas risadas, Silvio abre o paletó, arruma a camisa, aperta o cinto e continua o programa. Liminha até tentou minimizar a situação: “O senhor emagreceu”. “Que emagreceu nada”, responde Silvio. 

E o bambu?

Bem-humorado, Silvio decide reviver um momento que se tornou viral no YouTube, quando ele cai, ao vivo, na piada suja do bambu em uma conversa com uma garotinha. Anos mais tarde, ele tenta pegar Maisa com a mesma anedota. 

O caso da peruca

Enquanto Maisa dá um piti em pleno palco, Silvio Santos tenta ignorá-la e toca o programa normalmente. Não satisfeita, a garota se posiciona atrás do apresentador, que está sentado, e começa a fazer chifres em sua cabeça, até o momento em que sua mão, sem querer, tira do lugar a peruca usada por Silvio.