Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Museu de Viena aceitará visitantes sem roupa

Após solicitação de associações nudistas, local fará um dia especial de visitas à exposição 'Homens Nus'. Em 2005, experiência semelhante foi um sucesso

Por Da Redação - 30 jan 2013, 12h16

O Museu Leopold de Viena anunciou nesta terça-feira que prepara um dia especial para os que desejem visitar “bem à vontade” sua exposição Homens Nus, sobre a história da representação do corpo masculino na arte. Aberta até o dia 4 de março, a mostra reúne mais de 300 quadros, fotos e esculturas.

Leia também:

Madonna faz visita privada ao Museu Leopold

Após ter recebido várias solicitações por parte de associações nudistas, o local decidiu abrir suas portas no dia 18 de fevereiro, a partir das 18h, para quem quiser visitar o local sem roupa.

Publicidade

Homens Nus foi motivo de controvérsia em outubro por causa de um cartaz promocional com a imagem de um nu frontal de três homens. A foto provocou diversos protestos, tanto de mulheres quanto de homens, o que levou os organizadores a cobrir os genitais da imagem com uma chamativa faixa vermelha em muitas das cópias distribuídas pela cidade.

Sucesso – Essa não é a primeira vez que o Museu Leopold promove uma ação do tipo. Em 2005, o local ofereceu entrada gratuita às pessoas que visitassem nuas a mostra A Verdade Nua: Klimt, Schiele, Kokoschka e outros escândalos. O evento foi um sucesso, com a visita de centenas de pessoas – que foram à exposição apenas com roupas de baixo ou completamente nuas.

Leia também:

Cantoras pop ficam nuas nas capas de CDs para enfrentar a crise da indústria fonográfica

Publicidade

(Com agência EFE)

Publicidade