Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Michael J. Fox diz que Parkinson o tornou mais profissional

O ator, diagnosticado com a doença há 22 anos, afirmou em entrevista à revista americana 'Rolling Stone' que passou a encarar o trabalho com mais seriedade

O ator Michael J. Fox, que ganhou reconhecimento na década de 1980 com a trilogia De Volta para o Futuro, afirmou em matéria de capa da mais recente edição da revista americana Rolling Stone que a doença de Parkinson o tornou mais profissional.

Diagnosticado há 22 anos com o problema, que afeta o sistema nervoso e coordenação motora, Fox contou que passou a encarar o trabalho com mais seriedade, assim como passou a ver a vida de outra forma. “Eu tinha uma certa fluência em meus movimentos e na fala e um físico que correspondia ao que eu queria. Quando tudo isso foi tirado de mim, descobri que havia outras coisas que eu poderia usar”, disse.

LEIA TAMBÉM:

Primeiras imagens da nova série de Michael J. Fox

Anne Heche em ‘The Michael J. Fox Show’

Apesar de a hesitação física ser um dos sintomas da doença, o ator garantiu que, assim que começou a encarar a nova realidade, deixou de lado o nervosismo e a ansiedade. “Eu costumava ficar nervoso. Sentava no meu camarim, me preocupava com a cena que estava chegando, suava e dizia: ‘O que eu vou fazer? Vão começar a cena e eu tenho que fazer algo. O que eu vou fazer? E o que o outro ator vai fazer? Como vou responder a isso?'”. Hoje em dia, no entanto, a realidade é bem diferente. “Agora, é assim: ‘Ok, o que está acontecendo?’ E, quando algo acontece algo, eu reajo. Se nada acontece, relaxo. Não me preocupo com o que iria fazer ou com o olhar que deveria dar”, completou.

Aos 52 anos de idade, Michael J. Fox é o protagonista do seriado The Michael J. Fox Show, exibido pela emissora americana NBC.