Clique e assine a partir de 9,90/mês

McCartney se emociona com documentário sobre Beatles

Filme ‘Eight Days a Week: The Touring Years’ acompanha trajetória da banda pelo olhar do cineasta Ron Howard

Por Da redação - Atualizado em 16 Sep 2016, 15h42 - Publicado em 16 Sep 2016, 15h39

Paul McCartney assistiu nesta quinta-feira, em Londres, a apresentação do documentário sobre os Beatles Eight Days a Week: The Touring Years, com imagens de arquivo que qualificou de “muito emocionantes”. O filme, realizado por Ron Howard (de Apolo 13 e O Código Da Vinci), mostra a jornada do grupo durante quatro anos, de 1962 a 1966, incluindo as turnês nos Estados Unidos e o auge da Beatlemania.

“Isto me lembra grandes momentos, evidentemente, quando tocávamos com John (Lennon) e George (Harrison)”, ambos mortos, declarou McCartney, 74. “É muito emocionante e especial voltar a ver isto tudo”. Ringo Starr, 76, Yoko Ono e Olivia Harrison, as viúvas de Lennon e Harrison, também assistiram ao documentário, além de outras celebridades, entre elas Madonna.

LEIA TAMBÉM:
‘Beatlemania Experience’ recria universo do quarteto de Liverpool
Paul McCartney caiu em depressão com o fim dos Beatles
Relançado disco dos Beatles com material ao vivo gravado nos EUA

Meio século após o último concerto importante dos Beatles, em São Francisco, Ringo Starr considerou “magnífica” a persistente popularidade do grupo. “As pessoas ainda amam os Beatles”.

O documentário inclui imagens das fãs assediando os Fab Four quando eram “mais populares que Jesus”, uma declaração de Lennon que provocou a ira dos conservadores americanos.

Continua após a publicidade

“Começamos como quatro companheiros em uma banda pequena e continuamos tocando e tocando e tudo isso aconteceu”, disse McCartney. “Éramos um bom grupinho”, avalia com modéstia o músico.

(Agência France-Presse)

Publicidade