Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lollapalooza reúne 100 mil pessoas no Chile

No próximo fim de semana, o festival acontecerá no no Jockey Club de São Paulo. Nomes como Foo Fighters, TV on the Radio, Artic Monkeys e Foster the People se apresentarão

Sob um intenso sol de outono, cerca de 100 mil pessoas, entre elas várias famílias com crianças, aproveitaram o sábado e o domingo do segundo festival de rock Lollapalloza em Santiago, no Chile, que reuniu 60 bandas de todas as correntes musicais. Pelo segundo ano consecutivo, o tradicional festival – com mais de 20 anos de trajetória – foi realizado no Parque O’Higgins de Santiago, um imenso pulmão verde no centro de Santiago, onde foram montados cinco palcos diferentes que funcionaram em paralelo. Na próxima semana, dias 7 e 8 de abril, o festival acontecerá no Jockey Club de São Paulo. As bandas se apresentarão em cinco palcos: Cidade Jardim, Butantã, Alternativo e Perry.

No Chile, os locais de venda de comida e bebida não foram suficientes para atender às quase 100 mil pessoas que o festival reuniu em dois dias, cerca de 20% a mais que em 2011, segundo a organização. O evento, que incluiu centenas de visitantes de países vizinhos como Brasil, Argentina e Equador, garante sua continuidade para o próximo ano.”O festival veio para ficar no Chile, essa é a projeção que temos, que fique por muitos anos”, disse Sebastián de la Barra, produtor chileno do evento.

Depois de duas décadas, o festival emigrou, no ano passado, pela primeira vez dos Estados Unidos para Santiago. No Chile, a extensa lista de atrações foi encabeçada pelo Foo Fighters, banda americana liderada por Dave Grohl, baterista da banda Nirvana, que encerra o festival na noite deste domingo.

Também se destaca a participação dos roqueiros britânicos Arctic Monkeys e a cantora islandesa Björk, que na noite de sábado realizou uma tecnológica apresentação que incluiu 29 dançarinas no palco. Do circuito mais alternativo participam também bandas como Cage The Elephant, o DJ Calvin Harris, MGMT, Joan Jett & The Blackhearts, TV On the Radio, Thievery Corporation e o argentino Gustavo Cordera, que ficou nu no final do seu show.

O Chile foi representado por 15 bandas, entre elas o lendário grupo folclórico Los Jaivas, com 50 anos de carreira. O Lollapalooza transmitiu uma mensagem ecológica: com as iniciativas ‘Rock & Recicle’ e ‘Carbono Neutral’, foram reunidos 1.600 voluntários para reciclar todo o lixo gerado no festival e diminuir a pegada de carbono emitida durante o festival.

São Paulo– No sábado, a atração principal será a banda de rock americana Foo Fighters, além de TV on the Radio, O Rappa e Peaches, entre outros. No segundo dia, os principais nomes são Artic Monkeys, Foster the People, MGMT e Jane’s Addiction, banda de Perry Farrell, criador do festival, que existe há duas décadas.

Se os fãs da banda indie TV on the Radio gostam de Peaches vão sofrer para se dividir entre um show e outro, no primeiro dia do Lollapalooza Brasil, que acontece dias 7 e 8 de abril, no Jockey Club de São Paulo. Quando TV on the Radio subir ao palco Cidade Jardim, às 18h, o grupo Peaches já estará na metade de seu show, com duração prevista de uma hora, no palco Perry.

(Com AFP)

LEIA TAMBÉM:

Lollapalooza peca na curadoria e cria conflito de horário entre atrações

Lollapalooza leva rock pauleira ao Jockey Club