Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lindsay Lohan quer se candidatar à presidência dos EUA em 2020

Atriz afirmou que pode disputar com o rapper Kanye West o cargo máximo na Casa Branca

Seguindo os passos de Kanye West, a atriz e garota-problema americana Lindsay Lohan, de 29 anos, também pode entrar na corrida pela Casa Branca. “Em 2020, pode ser que eu me candidate à presidência. Apesar dos altos e baixos, sim, nós podemos. Vamos lá, Kanye West”, escreveu ela em seu perfil no Instagram, citando o slogan de Barack Obama (“Yes, we can”) quando disputou as eleições de 2008. Lindsay, aliás, agradeceu ao atual presidente por tê-la “inspirado” e os outros americanos a serem pessoas melhores.

Leia também:

Lindsay Lohan fará participação em disco de Duran Duran

Lindsay Lohan — enfim — conclui trabalho comunitário

Kim Kardashian jura que é sério: Kanye West quer ser presidente

O álcool e os problemas ao volante são um denominador comum nas andanças de Lindsay, que em 2005, quando ainda era menor de idade, já participava de reuniões dos Alcoólicos Anônimos, além de admitir sofrer de bulimia e ser usuária de drogas. Em agosto de 2007, ela se declarou culpada de cinco acusações de dirigir embriagada e possuir drogas, sendo condenada a quatro dias de prisão. Sua pena, porém, foi reduzida por um acordo judicial, e Lindsey não passou nenhuma noite atrás das grades.

O anúncio da atriz segue ao de West, que revelou durante a cerimônia do Video Music Awards (VMA) da MTV, realizada em Los Angeles no fim de agosto, que será candidato à Casa Branca em 2020.

(Com agência EFE)