Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lançamentos celebram Michael Jackson um ano após a sua morte

Never Can Say Goodbye: The Katherine Jackson Archives é o nome do livro de fotos que a mãe de Michael Jackson, Katherine, lança no sábado, 26 de junho, em cerimônia de homenagem ao aniversário de morte do filho, nos Estados Unidos. O livro é uma novidade animadora do mercado editorial, já que é assinado por uma pessoa tão próxima a Michael Jackson, um artista que sempre motivou a curiosidade alheia tanto por seu talento quanto por suas esquisitices. Katherine aproveita bem o momento. Mas, um ano após a morte do rei do pop, ela não é a única a celebrá-lo. Enquanto a publicação não chega às livrarias brasileiras, relembre a vida do astro em cinco novas edições, selecionadas por VEJA.com.

Michael dos Editores da Rolling Stones (Spring, 224 páginas). O livro traz uma coletânea de reportagens sobre Michael Jackson publicadas na revista Rolling Stone, desde que ele tinha 12 anos. Além das fotos originais, há um capítulo com as capas dedicadas a ele e, ao final, tributos prestados por pessoas próximas, como Quincy Jones e Brooke Shields.

Capa do livro Michael Jackson – O Rei do Pop 1958-2009 Capa do livro Michael Jackson – O Rei do Pop 1958-2009

Capa do livro Michael Jackson – O Rei do Pop 1958-2009 (/)

Michael Jackson – O Rei do Pop 1958-2009 (Companhia Editora Nacional, 144 páginas). O livro foi escrito pelo jornalista inglês especializado em música Chris Roberts, que também assinou as biografias de Lou Reed e do grupo Abba. Lançamento no Brasil, a obra foi originalmente publicada seis meses após a morte do cantor. Elegante como um bom inglês, Roberts conta a história do astro sem esconder as esquisitices que fizeram fama, mas sem dar a elas tom sensacionalista.

Michael Jackson – A Magia e a Loucura Michael Jackson – A Magia e a Loucura

Michael Jackson – A Magia e a Loucura (/)

Michael Jackson – A Magia e a Loucura (Globo, 712 páginas). O livro, de 2009, é considerado uma das melhores biografias do cantor. Neste ano, ganhou edição atualizada com um capítulo sobre a morte de Jackson. O autor é J.Randy Taraborelli, que também escreveu sobre a história de Madonna. Ele diz ter pesquisado a vida do artista por 30 anos. “Ao final, o leitor consegue compreender por que alguém tão famoso e bem-sucedido seria capaz de comparecer a um tribunal de pijamas”, diz a orelha do livro.

Michael 50 anos Michael 50 anos

Michael 50 anos (/)

Michael Jackson – 50 Anos do Ícone Pop (Planeta, 192 páginas). Escrito por um fã, o paulista Jonathan Crociatti, de 25 anos. o livro não se aprofunda em questões polêmicas, mas traz transcrições de cinco importantes entrevistas concedidas pelo cantor a nomes como Oprah e Diane Sawyer. Quadros com datas e números interessantes pontuam os capítulos com informações saborosas. Discografia, videografia e curiosidades sobre os principais clipes do artista encerram a publicação.

Capa de Michael Jackson - Uma Vida na Música Capa de Michael Jackson – Uma Vida na Música

Capa de Michael Jackson – Uma Vida na Música (/)

Michael Jackson – Uma Vida na Música (Madras, 136 páginas). Geoff Brown é um ex-editor de revistas de black music na Inglaterra. Neste livro, ele analisa as músicas do cantor, uma a uma, desde os Jackson Five até o último álbum, Invincible, de 2001. Completam a obra cronologia, linha do tempo e frases do astro.