Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kanye West agradece Cher por popularizar o Auto-Tune

Ao lado da esposa Kim Kardashian, o rapper Kanye West se encontrou com a cantora no baile do Met e teve um raro momento de humildade na vida

O orgulhoso rapper Kanye West não costuma elogiar e agradecer a outras pessoas além dele mesmo. Uma exceção e tanto aconteceu na segunda-feira, quando West encontrou a cantora Cher no baile da gala do Met, em Nova York, e a parabenizou por ter popularizado o Auto-Tune. Cher fez uso do programa de correção de voz na canção Believe, do disco de mesmo nome lançado em 1998, e deu início à difusão do software entre os músicos.

LEIA TAMBÉM:

“Nunca imaginei que tivesse fãs no Brasil”, diz Cher

‘Gostaria de ser Picasso, ou melhor’, diz Kanye West

Cher chega ao Brasil com look Mortícia Addams

Uma foto do encontro foi postada pela socialite Kim Kardashian, mulher de West, no Instagram. Em outra rede social, o Twitter, um fã perguntou para Cher se ela gostou de encontrar o casal. “Kim é muito graciosa, falamos sobre viagens à Armênia e Kanye me agradeceu pelo Auto-Tune. Eles são doces e pareciam estar se divertindo”, respondeu Cher.

Believe, 22º álbum de Cher, foi responsável por relançar a carreira dela em 1998, quando atingiu o topo da lista das 100 mais tocadas da revista americana BIllboard. À época com 51 anos, ela se tornou a cantora solo mais velha a liderar a parada.

Em 2008, Kanye West lançou o álbum 808s & Heartbreak, seu primeiro com Auto-Tune, e desde então usa o programa com frequência, como em Yeezus, último CD do rapper. Abaixo, a canção Believe​, de Cher: