Clique e assine a partir de 9,90/mês

Kanye West agradece Cher por popularizar o Auto-Tune

Ao lado da esposa Kim Kardashian, o rapper Kanye West se encontrou com a cantora no baile do Met e teve um raro momento de humildade na vida

Por Da Redação - 7 Maio 2015, 11h14

O orgulhoso rapper Kanye West não costuma elogiar e agradecer a outras pessoas além dele mesmo. Uma exceção e tanto aconteceu na segunda-feira, quando West encontrou a cantora Cher no baile da gala do Met, em Nova York, e a parabenizou por ter popularizado o Auto-Tune. Cher fez uso do programa de correção de voz na canção Believe, do disco de mesmo nome lançado em 1998, e deu início à difusão do software entre os músicos.

LEIA TAMBÉM:

“Nunca imaginei que tivesse fãs no Brasil”, diz Cher

‘Gostaria de ser Picasso, ou melhor’, diz Kanye West

Continua após a publicidade

Cher chega ao Brasil com look Mortícia Addams

Uma foto do encontro foi postada pela socialite Kim Kardashian, mulher de West, no Instagram. Em outra rede social, o Twitter, um fã perguntou para Cher se ela gostou de encontrar o casal. “Kim é muito graciosa, falamos sobre viagens à Armênia e Kanye me agradeceu pelo Auto-Tune. Eles são doces e pareciam estar se divertindo”, respondeu Cher.

Believe, 22º álbum de Cher, foi responsável por relançar a carreira dela em 1998, quando atingiu o topo da lista das 100 mais tocadas da revista americana BIllboard. À época com 51 anos, ela se tornou a cantora solo mais velha a liderar a parada.

Em 2008, Kanye West lançou o álbum 808s & Heartbreak, seu primeiro com Auto-Tune, e desde então usa o programa com frequência, como em Yeezus, último CD do rapper. Abaixo, a canção Believe​, de Cher:

Continua após a publicidade

Publicidade