Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kadu Moliterno é acusado de agredir ex-namorada – e diz ser vítima de chantagem

Namorada do ator diz ter apanhado três vezes em cinco meses. Ele nega

Oito anos depois de ser acusado de agredir a ex-mulher, Kadu Moliterno se vê mais uma vez envolvido nesse tipo de suspeita. A vítima agora seria sua última namorada, Brisa Ramos. No perfil do Facebook, a atriz de 29 anos afirma que, em cinco meses de relacionamento, foi agredida três vezes pelo ator, que ela define como “um homem de 61 anos, que imaginei ser maduro, responsável e sincero”.

“Hoje me arrependo imensamente de não ter ido à uma delegacia desde a primeira agressão, uma vez que acreditei que ele poderia ser uma pessoa melhor. Triste situação, principalmente por eu ter que expor minha vida de forma tão cruel”, escreveu ela. Em comentário no próprio post, Brisa diz ter registrado boletim de ocorrência contra Kadu. “Que minha atitude sirva de exemplo para todas as mulheres que também sofrem com isso”, completou.

Em entrevista ao jornal O Globo, o ator se disse “chocado” com a acusação, e garantiu ter sido vítima de chantagem. “Vinha tentando terminar o namoro há 20 dias, e ela me coagia. No domingo, liguei para o meu advogado e ele me aconselhou a fazer um registro de ocorrência na delegacia. Ela dizia que iria à imprensa por causa do meu histórico”, declarou Kadu, que fez uma queixa por ameaça contra Brisa – que, segundo ele, é muito ciumenta.

Capa de VEJA Capa de VEJA

Capa de VEJA (/)

Histórico – O caso ganhou grande repercussão nas redes sociais. Muitas pessoas recordaram, na página de Brisa, a edição de VEJA de 15 março de 2006 sobre mulheres que tiveram coragem de denunciar seus companheiros agressores. Quem estampava a capa era a ex-mulher de Kadu, Ingrid Saldanha. A também atriz levou oito pontos no nariz e ficou com o olho roxo porque o ator se irritou no trânsito e bateu nela, em uma terça-feira de Carnaval. Mas esse foi apenas um dos muitos episódios do tipo, contou ela.

Kadu levou alguns dias para se manifestar naquela ocasião, e confessou o crime. “Sei que errei, peço perdão por isso e pretendo corrigir meu comportamento”, disse, por meio de uma nota na qual criticava Ingrid pela exposição pública. “Não creio que tratar de forma pública um problema familiar seja a atitude correta.”

Os dois foram casados por mais de quinze anos, período em que tiveram três filhos.