Clique e assine com 88% de desconto

Jennifer Lopez: acidente em cena de sexo de ‘O Garoto da Casa ao Lado’

O ator Ryan Guzman diz ter se empolgado durante as filmagens e exagerou ao tentar mostrar sua força com a atriz

Por Da Redação - 27 abr 2015, 21h03

O obsessivo personagem de Ryan Guzman em O Garoto da Casa ao Lado é distante e frio em boa parte do filme, mas exagerou na hora de rodar as cenas de sexo com a atriz Jennifer Lopez. O ator de 27 anos compartilhou algumas de suas experiências embaraçosas no set ao site da revista People. “Meu personagem tinha que agarrar a Jennifer, e eu, estúpido, me empolguei demais na situação”, conta. “Ela bateu com a cabeça e me falou: ‘eu estou bem, mas você não precisa usar tantos músculos comigo. Basta ter calma’.” Para compensar o ferimento causado na atriz, Guzman garante que foi um perfeito cavalheiro no restante do trabalho. “Eu entendi o recado e tentei compensar nas outras cenas em que somos um casal. Eu fui muito, muito gentil”, conta.

Leia também:

A cultura das ‘popozudas’ invade a América

Jennifer Lopez comenta abertura da Copa: “Foi surreal!”

Publicidade

Jennifer Lopez, Mariah Carey e o declínio das divas

Na trama do thriller de alto teor sexual, lançado este ano nos cinemas, Jennifer vive Claire, uma ex-professora que passou por um difícil divórcio. Ela se envolve com seu novo vizinho, o jovem Noah, interpretado por Guzman. Porém, após decidir se afastar do rapaz, ela percebe que ele, obcecado, não vai aceitar o fim. O diretor do longa, Rob Cohen, ressaltou, na época do lançamento, que os momentos quentes eram essenciais ao suspense. “Foi muito importante ter uma estrela como ela fazendo uma das cenas mais sensuais da carreira no filme”, disse Cohen à People.

‘If You Had My Love’ (1999)

Publicidade

Lançado em maio de 1999, o hit If You Had My Love foi o responsável por fazer Jennifer Lopez explodir no cenário musical. A canção, presente em seu disco de estreia On the 6, atingiu a primeira posição nas paradas americanas e de outros países, como Australia e Canadá. No clipe, Jennifer Lopez dança e se contorce sensualmente enquanto é observada em um vídeo executado em tempo real na internet. 

‘Love Don’t Cost a Thing’ (2001)

Presente em seu segundo álbum de estúdio, J.Lo, de 2001, Love Don’t Cost a Thing entra na lista dos refrãos chicletes de Jennifer Lopez.  O single conquistou a primeira posição nas paradas do Reino Unido e do Canadá e o terceiro lugar no Billboard Hot 100. O clipe, assim como a letra, discorre sobre o fato de que o amor não tem preço. Para representar a metáfora, a cantora vai se desapegando de seus bens materiais, como uma bolsa – aparentemente cara –, um carro de luxo, óculos, roupas, até chegar a uma praia, onde, para variar, sensualiza nua na beira do mar.

‘Jenny From the Block’ (2002)

Publicidade

Apesar de estar em seu terceiro álbum de estúdio e com alguns milhões de dólares na conta, Jennifer Lopez faz questão de afirmar que ainda é aquela garota que cresceu no humilde bairro do Bronx, em Nova York, na música Jenny From the Block. O single, que integra o disco This Is Me… Then, de 2002, representa uma fase mais próxima ao hip hop da cantora e atingiu a terceira posição nas paradas americanas e britânicas. 

‘Get Right’ (2005)

O riff de saxofone e o refrão de Get Right dificilmente saem da cabeça após ser ouvido pela primeira vez. Lançado em 2005, o hit faz parte do quarto álbum de estúdio de Jennifer Lopez, Rebirth, e alcançou o primeiro lugar nas paradas do Reino Unido. No clipe, a cantora encarna diferentes personagens dentro de uma discoteca, como uma DJ, uma garçonete, uma celebridade e uma dançarina, e as cenas são intercaladas com J.Lo dançando sob um fundo cinza, obviamente, com a barriga sarada à mostra.

‘On the Floor’ (2011)

Publicidade

Após uma fase ruim com os discos Como Ama una Mujer e Brave, ambos lançados em 2007, Jennifer Lopez retornou às paradas com o hit On the Floor, um dos mais bem sucedidos de sua carreira. Com uma batida eletrônica e melodia da música Lambada, do grupo de lambada brasileiro Kaoma, o single que integra o álbum Love?, de 2011, atingiu a primeira posição no Reino Unido, Canadá e Austrália, e a terceira posição no Billboard Hot 100. O sucesso conta com parceria do rapper Pitbull e tem cerca de 763,1 milhões de visualizações no YouTube.

(Da redação)

Publicidade