Clique e assine a partir de 9,90/mês

Arlindo Cruz aparece de surpresa e desfila pela X-9 Paulistana

Homemageado pela escola, sambista apareceu em uma cadeira de rodas e cercado de familiares no Anhembi

Por Luiz Felipe Castro - Atualizado em 2 Mar 2019, 19h16 - Publicado em 2 Mar 2019, 05h47

Homenageado no samba-enredo da X-9 Paulistana, o sambista Arlindo Cruz emocionou o Anhembi ao desfilar pela escola de samba, na madrugada deste sábado 2, no primeiro dia do Carnaval de São Paulo. Arlindo tem feito poucas aparições públicas desde que sofreu um AVC hemorrágico em 2017, que o deixou internado por mais de um ano.

A presença do sambista na avenida era pouco provável, pelos cuidados que sua saúde ainda inspira. A família avisara que ele não participaria do desfile e surpreendeu a todos.

Quando Arlindo apareceu no último carro, o público foi à loucura no Anhembi. O músico apareceu cercado de familiares e médicos em uma cadeira de rodas, expressando alguns sorrisos. No colo, tinha uma bandeira da Império Serrano, sua escola de coração no Rio de Janeiro.

O samba-enredo da X-9, com o título “O Show Tem Que Continuar, Meu Lugar É Cercado de Luta e Suor, Esperança de Um Mundo Melhor” fez menção a vários sucessos da carreira do sambista.

Continua após a publicidade

Arlindo Cruz tem 60 anos e uma longa trajetória no samba, seja em carreira solo ou como participante do grupo Fundo de Quintal. Também se notabilizou por parcerias com Sombrinha.

Em 17 de março de 2017, sofreu um AVC antes de viajar para um show e permaneceu mais de um ano internado em estado grave. A família expõe pouco a recuperação do cantor, mas foi possível vê-lo sorrindo na avenida – e emocionando todo o público.

Publicidade