Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo do Irã vai financiar filme em resposta a ‘Argo’

O longa dirigido por Ben Affleck, que está concorrendo ao Oscar, é considerado anti-iraniano pelo país e foi acusado de promover a islamofobia

O governo do Irã irá financiar um filme para mostrar a sua versão dos fatos contados no filme Argo, dirigido por Ben Affleck e indicado ao Oscar nesta quinta-feira. Desde o seu lançamento, no ano passado, Argo tem sido condenado pelo Irã, que o considera “anti-iraniano” e acusa Affleck de promover a islamofobia.

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM: Ben Affleck diz que Argo é o filme do qual mais se orgulha

Argo destaca a relação explosiva entre EUA e Irã

Veja crítica de Isabela Boscov para o filme Argo

Não foram divulgados maiores detalhes sobre o filme, no entanto, segundo o jornal The Tehran Times, ele será pago pelo birô de artes do país, se chamará The General Staff e será dirigido por Ataollah Salmanian, um cineasta iraniano pouco conhecido. “O filme será uma grande produção e servirá de resposta ao filme Argo, que peca por não ter uma visão correta dos eventos históricos”, disse Salmanian à agência oficial Mehr.

De acordo com o jornal, o governo pretende mostrar a versão iraniana oficial da crise de 1979, quando 52 diplomatas americanos foram mantidos reféns por rebeldes anti-americanos durante 444 dias.