Clique e assine a partir de 9,90/mês

Gato Mia é a melhor pizzaria de Cuiabá segundo VEJA COMER & BEBER

Os discos de massa fininhos são assados em um forno a lenha integrado à decoração

Por Mirela Mazzola - Atualizado em 30 May 2017, 18h36 - Publicado em 27 May 2017, 02h00

Gato Mia

Antes mesmo de pedir o cardápio, salta aos olhos o capricho na decoração. Ele começa no corredor de acesso ao salão, com piso de ladrilho hidráulico e um jardim vertical de samambaias. Na sequência, avista-se a estante altíssima que ladeia um gostoso lounge, com poltronas de couro e iluminação bem regulada. A receita da pizza campeã não é segredo, tanto que está escrita em uma grande parede de lousa, e o forno a lenha, revestido por uma pintura do artista plástico mato-grossense Adir Sodré, está integrado ao projeto arquitetônico. Dele saem discos de massa bem fina e pincelados com molho de tomate fresco, eleitos pelo júri de VEJA COMER & BEBER CUIABÁ os melhores da capital. São catorze coberturas chamadas tradicionais, dez gourmets e duas doces. Da primeira seção fazem sucesso as clássicas margherita e calabresa (R$ 56,80 a média e R$ 71,00 a grande), ou ainda, pelo mesmo valor, a maçarico, de mussarela coberta por tomate-cereja e pimenta calabresa, e então maçaricada. Entre as intituladas gourmets têm boa saída a franciscana, com mussarela bovina e de búfala, peperoni moído, tomate-cereja, presunto cru e alface (R$ 65,80 e R$ 82,00), e a caprese, com mussarela de búfala, fatias de tomate-caqui e pesto de azeitona preta (R$ 68,00 e R$ 85,00). Produzido na Espanha, o tinto Vinã Brava Tempranillo 2013 (R$ 90,00) é um dos 35 rótulos da carta. Adoçam e encerram o jantar as pizzas brigadeiro gourmet, de mussarela, brigadeiro e morango, e banana, com fatias da fruta salpicadas com canela sobre o mesmo queijo (R$ 56,80 a média e R$ 71,00 a grande). Rua Brigadeiro Eduardo Gomes, 290, Popular, 65-3027-6262 (100 lugares). 19h/0h (dom. a partir das 18h, fecha seg.). Aberto em 2015. $

Publicidade