Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Filme mistura documentário e ficção na vida de Cora Coralina

Com seis gerações de atrizes no papel principal, produção recria história da escritora junto a depoimentos de contemporâneos

O filme Cora Coralina – Todas as Vidas ganhou um novo trailer em que mostra mais da produção, que mescla documentário com ficção na história da escritora brasileira. O longa, que estreia no dia 14 de dezembro, é dirigido por Renato Barbieri e aborda aspetos pouco conhecidos da vida de Cora, intercalados com a proclamação de poemas por seis gerações de atrizes brasileiras: Beth Goulart, Zezé Motta, Walderez de Barros, Tereza Seiblitz, Maju Souza e Camila Márdila.

As atrizes ainda recriam algumas cenas marcantes da vida de Cora, desde a sua infância e casamento em Goiás, o período em São Paulo e a morte aos 95 anos. Boa parte dos textos narrativos do documentário são excertos da obra da própria autora, como poemas, artigos e cartas, mas o filme também é livremente baseado no livro Raízes de Aninha, de Clóvis Brito e Rita Elisa Seda. A produção ainda conta com depoimentos de contemporâneos, colaboradores, amigos, parentes e estudiosos da obra de Cora.

Cora Coralina, pseudônimo de Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, teve grande participação na política nacional também, como na Revolução Constitucionalista de 1932, na emancipação da mulher e ainda fez poemas e ações em defesa de menores abandonados e presidiários.